Inicio As melhores universidades do mundo de cursos em exatas

As melhores universidades do mundo de cursos em exatas

0
As melhores universidades do mundo de cursos em exatas
Foto: Adi Goldstein | Unsplash

É comum que as universidades tenham diferentes tradições acadêmicas em cada disciplina. O Massachusetts Institute of Technology (MIT), por exemplo, têm forte tradição na área de ciências exatas e tecnologia. Foi considerando essas diferenças que o QS Top Universities classificou as melhores universidades do mundo por área do conhecimento.

Os rankings por área são divididos nos seguintes temas: Artes e Humanidades, Engenharia e Tecnologia, Ciências da Vida e Medicina e Ciências Naturais. Nesse texto, elencamos as 10 melhores universidades nas áreas de Engenharia e Tecnologia.

Fundação Estudar seleciona brasileiras para o Grace Hooper, maior evento de tecnologia para mulheres do mundo. Inscreva-se!

Na lista aparecem algumas instituições diferentes das figurinhas carimbadas do ranking global, incluindo duas localizadas no Singapura, um país conhecido pela força dos estudos em exatas. Entre os nomes diferentes, estão as Nanyang Technological University e a National University of Singapore, do Singapura, a ETH Zurich, da Suíça, o Imperial College London, do Reino Unido, e a Delft University of Technology, da Holanda.

O ranking utiliza como critérios de análise os fatores: reputação acadêmica, reputação de empregabilidade, citações acadêmicas e network em pesquisa internacional. Entre as subáreas que formam o grupo de Engenharia e Tecnologia, estão as muitas especializações em engenharia (química, civil, elétrica, mecânica etc.), ciências da computação, sistemas de infomação e por vai.

Confira a seguir o ranking de melhores universidades do mundo em Engenharia e Tecnologia.

1. Massachusetts Institute of Technology – MIT | Estados Unidos

O MIT, um dos mais famosos centro de pesquisa do mundo, encabeça não apenas o ranking de melhores universidades do mundo como também o da área de exatas e de instituições com maior empregabilidade.

Em relação aos critérios de avaliação, na área de exatas a instituição se destaca nas avaliações em reputação acadêmica, empregabilidade e citações acadêmicas. A nota mais baixa é a de Network de Pesquisa Internacional.

Foto: Muzammil Soorma | Unsplash

Confira algumas oportunidades do MIT:

Fundação Behring oferece bolsas de 100% para Harvard, MIT e Columbia
Estude com professores de Harvard e MIT gratuitamente na plataforma Edx
Como entrar no MIT? Reitor de admissões do instituto responde!
Brazil Conference seleciona estudantes para cobrir evento em Boston com tudo pago

2. Universidade de Cambridge | Reino Unido

A Universidade de Cambridge segue o MIT e está presente tanto no ranking de melhores universidades do mundo em exatas quanto o global. Localizada na cidade de Cambridge, no Reino Unido, Cambridge foi fundada no ano de 1.209 e onde estudaram figuras, como Isaac Newton e Charles Darwin.

Nos critérios de ranqueamento da área de exatas, a instituição se destaca nas avaliações em reputação em reputação acadêmica, empregabilidade e citações acadêmicas. Assim como o MIT, a nota mais baixa é a de Network de Pesquisa Internacional.

Selwyn College, da Universidade Cambridge. Foto: DAVID ILIFF. Licença CC BY-SA 3.0.

Confira algumas oportunidades de Cambridge:

1.000 bolsas de 100% para curso online na Universidade de Cambridge
Bolsas de até R$ 470 mil para MBA nas univeridades de Harvard e Cambridge
Fundação de Bill Gates oferece 80 bolsas integrais para pós-graduação em Cambridge

3. Universidade de Oxford | Reino Unido

Na terceira posição está outra instituição britânica, a Universidade de Oxford, uma das mais antigas do mundo e por onde passaram Thomas Hobbes, John Locke, Adam Smith, entre outros.

Nos critérios de ranqueamento da área de exatas, a instituição se destaca nas avaliações em reputação acadêmica, empregabilidade e citações acadêmicas. Assim como o MIT e Cambridge, a nota mais baixa é a de Network de Pesquisa Internacional.

Imagem aérea da Universidade de Oxford. Foto: Sidharth Bhatia | Unsplash

Confira algumas oportunidades de Oxford:

De Harvard à Oxford: os melhores cursos gratuitos online
Universidade de Oxford abre inscrições para bolsas de mestrado e MBA
Bolsas integrais para graduação e pós na Universidade de Oxford
Você passaria em uma entrevista para estudar na Universidade de Oxford?

4. Universidade Nanyang Technological | Singapura

Na quarta posição está a primeira novidade da lista: a Nanyang Technological, do Singapura, que ocupa a 12ª posição no ranking global. O crescimento na área de tecnologia da instituição é tamanho que ela conquistou o 1º lugar global entre as universidades mais citadas em artigos sobre inteligência artificial.

Nos critérios de ranqueamento da área de exatas, a instituição recebeu a nota máxima de 100 no critério de citações acadêmicas, se detacando também nos critérios de reputação acadêmica e empregabilidade. Assim como as universidades anteriores, a nota mais baixa foi em network de pesquisa internacional.

Foto: Wikimedia Commons

5. Universidade Stanford | Estados Unidos

Na quinta posição está a segunda universidade norte-americana da lista, a Stanford, que ocupa a 3ª posição no ranking global. A instituição está localizada no Silicon Valley e é o berço de empresas, como o Google e Yahoo.

Nos critérios de ranqueamento da área de exatas, a instituição recebeu a nota máxima de 100 no critério de citações acadêmicas, assim como a Nanyang Technological. Stanford também se destacou nos critérios de reputação acadêmica e empregabilidade. Assim como as universidades anteriores, a nota mais baixa foi em network de pesquisa internacional.

Foto: Wikimedia Commons

Confira algumas oportunidades de Oxford:

Outras posições

Nas posições seguintes do ranking de melhores universidades do mundo em exatas estão:

6. ETH Zurick, da Suíça

7. National University of Singapore, do Singapura

8. Imperial College London, do Reino Unido

9. Universidade da California, Berkeley, Dos Estados Unidos

10. Delft University of Technology, da Holanda

 

 

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo:

Leia