Um Projeto: Fundação Estudar
Universidade Columbia

Conheça a Universidade Columbia, universidade da Ivy League que concentra mais prêmios Nobel

Por Lecticia Maggi
28.08.2018

Instituição americana de prestígio, fundada em 1754, a Universidade de Columbia teve 82 laureados com o prêmio, como ex-alunos, professores e administradores. Também está entre as melhores universidades do mundo, em rankings como QS e THE. Confira!


Fundada em uma igreja em 1754, a Universidade Columbia abrigou a primeira escola de medicina dos Estados Unidos. Atualmente, é a número 14 das “top destinations, de acordo com o ranking da Times Higher Education (THE). Entrar lá não é fácil: em 2013, a universidade recebeu mais de 37 mil candidaturas para o college, mas só admitiu 5,8% dos interessados. Esta porcentagem, aliás, vem diminuindo ano a ano.

Entretanto, o esforço vale a pena. A instituição ostenta em seu hall da fama personalidades como Theodore Roosevelt, ex-presidente dos Estados Unidos, e Barack Obama, que também foi presidente do país. Além disso, 83 membros da Universidade Columbia (divididos entre professores, alunos, pesquisadores e administradores) já foram laureados com o prêmio Nobel.

Localização

Nova Iorque, EUA 116th Street com Broadway.

Cursos de graduação na Universidade Columbia

A Universidade Columbia possui o menor college da Ivy League. São cerca de 4 mil alunos, um número bastante seleto de pessoas – o que nos faz compreender o porquê de a universidade ter um baixíssimo índice de admissão. Em Columbia, são oferecidos dois tipos de diploma de graduação: B.A. (Bachelor of Arts) e B.S. (Bachelor of Science). Tais diplomas são obtidos normalmente após quatro anos de estudo. Para se formar, os estudantes precisam concluir, no mínimo, 124 créditos.

Os diplomas variam de acordo com a escola da Universidade Columbia:

#1 Columbia College (CC): o estudo das chamadas liberal arts (ciências humanas, ciências sociais ou ciências naturais) permite a obtenção de um B.A.. O diploma concedido a alunos que entram no college logo após a conclusão do ensino médio, com idades entre 17 e 22 anos.

#2 Fu Foundation School of Engineering and Applied Science (SEAS): oferece o diploma B.S. em engenharia e outras áreas científicas.

#3 School of General Studies (GS): oferece tanto diplomas B.A. como B.S.

Pós-graduação na Universidade Columbia

As demais divisões da universidade referem-se às escolas de pós-graduação. Os diplomas de mestrado levam de um a três anos para serem obtidos, dependendo do trabalho de campo e das exigências da pesquisa. Já os diplomas de doutorado (PhD) podem variar. Em geral, os alunos são submetidos a um ou dois anos de aulas (sem contar as aulas do mestrado) e a provas.

Eles devem ainda realizar uma contribuição original e significativa para um determinado campo de estudo e fazer a defesa oral de sua tese. Dadas as exigências, quem deseja realizar um doutorado em Columbia precisa se planejar para passar, no mínimo, de quatro a seis anos vinculado ao programa. E não é nada incomum que alguns pesquisadores levem mais tempo para obter o título de PhD, chegando até a oito anos.

Saiba quais são as escolas da universidade que oferecem cursos de pós graduação

Columbia university editado

Instituições afiliadas

A Universidade Columbia possui duas instituições afiliadas. Elas, além de possuírem localização próxima, estão autorizadas a utilizar o nome da universidade. Elas têm autonomia administrativa, e, por esta razão, o processo seletivo é feito sem a intervenção de Columbia. São elas:

#1 Barnard College, Columbia University: um college de liberal arts exclusivo para mulheres.

#2 Teachers College, Columbia University: uma escola de pós-graduação para alunos interessados em educação, que oferece apenas diplomas de mestrado e doutorado.

Processo seletivo

Estudantes internacionais devem atender a algumas exigências específicas em seus processos de candidatura (application). Conheça a seguir os principais:

#1 Histórico escolar detalhado 

O documento deve incluir todas as disciplinas cursadas e provas realizadas pelo aluno. Além disso,as datas das aulas assistidas, das horas gastas em leitura por semana e dos diplomas e/ou prêmios recebidos. Este histórico é chamado nos Estados Unidos de “transcript” e precisa de tradução juramentada.

Para alunos de pós-graduação, candidatos aos programas de mestrado e doutorado, é necessários apresentar registro de todos os cursos e provas a que foram submetidos. Também é importante listar outras aulas eventualmente assistidas, acompanhadas dos certificados, quando disponíveis.

#2 Resultados dos testes de admissão

Estes exames devem ser realizados com, pelo menos, nove meses de antecedência em relação ao início do curso em que você deseja se matricular. Conheça os testes comumente exigidos e verifique qual se aplica no seu curso de interesse:

– Dental Aptitude Test (DAT)

– Medical College Admission Test (MCAT)

– Graduate Management Admission Test (GMAT)

– Scholastic Aptitude Test (SAT I)

– Graduate Record Examination (GRE)

– Subject Tests (SAT II)

– Law School Admission Test (LSAT)

#3 Atestado de proficiência em inglês

Se a sua primeira língua não for o inglês, deverá submeter o Toefl. Dependendo da sua pontuação no teste, é possível que a universidade exija que você faça aulas de inglês antes do curso em si.

#4 Carta de intenções ou essay

O objetivo de uma essay é fornecer ao departamento de admissão uma visão clara do seu background, bem como o que você pretende estudar e a sua habilidade de escrever corretamente em inglês. Cada escola possui exigências distintas que serão esclarecidas no processo formal de candidatura.

#5 Cartas de recomendação

As cartas de recomendação devem ser obtidas com professores atuais ou ex-professores que possam apresentar detalhes do seu background acadêmico. Ou seja, quais características suas esse profissional destacaria, incluindo projetos desenvolvidos e traços que observou durante as aulas e provas. Cada escola tem seu modelo próprio, o qual deverá ser incluído no processo formal de candidatura.

Custos 

Viver em Nova Iorque não é barato. Incluindo moradia, tuition e outros custos, o valor para se manter na cidade como estudante chega a 74 mil dólares. E mais: Columbia avisa que os aprovados devem se preparar para aumentos com seus custos na ordem de 4 a 8% ao ano.

Entretanto, vale lembrar que morar na Big Apple tem lá suas (incontáveis) vantagens, daí o altíssimo custo. Se você sonha em estudar na Universidade Columbia, mas não tem dinheiro, saiba que há várias possibilidades de obter auxílio financeiro, desde bolsas de estudos a financiamentos.

Fora isso, a própria universidade oferece ajuda financeira para alunos que não têm condições de arcar com seus estudos. Mais detalhes sobre ajuda financeira para undergraduates podem ser obtidos AQUI, e para graduates, AQUI.

Curiosidades sobre a Universidade Columbia 

O primeiro ministro da justiça dos Estados Unidos, John Jay, foi aluno de Columbia. Assim como o primeiro secretario do Tesouro Nacional, Alexander Hamilton, e o autor do texto final da Constituição Americana, Gouverneur Morris. O primeiro diploma de PhD de Columbia foi outorgado em 1875, e atualmente a Universidade já formou mais de 305 mil alunos. Barack Obama formou-se no Columbia College em 1983.

Conheça mais um pouco sobre Columbia no vídeo a seguir (em inglês)

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d