Inicio 5 povos e países que comemoram o ano novo em outras épocas

5 povos e países que comemoram o ano novo em outras épocas

0
5 povos e países que comemoram o ano novo em outras épocas

De 31 de dezembro para 1 de janeiro, celebra-se a virada do ano no calendário gregoriano, usado por boa parte do mundo. Mas esse não é o único calendário que existe, e outros povos e nações costumam comemorar seus anos-novos em outras datas. Por isso, confira a seguir cinco comemorações diferentes de ano novo que acontecem em outros momentos do ano!

5 comemorações diferentes de ano novo

Ano Novo Chinês

Se você preferir comemorar o ano novo em fevereiro, a China é o lugar para você. Em 12 de fevereiro de 2021, o país celebrará seu Ano Novo, também chamado de Ano Novo Lunar ou Festival da Primavera. A data é feriado na China e outros países com grande número de imigrantes chineses. Mas na China, ela costuma marcar o início de mais de 10 dias de celebrações oficiais e banquetes com comidas tradicionais. É comum que parentes e amigos se presenteiem com envelopes vermelhos contendo dinheiro, em geral valores que tenham o número 8, já que a palavra 8 em chinês tem o mesmo som que a palavra “riqueza”.

Ano Novo Tailandês

O Ano Novo Tailandês, também chamado de Songkram, acontece no dia 13 de abril de cada ano, mas as comemorações costumam ir até o dia 15. “Songkram” vem do sânscrito e significa “passagem astrológica”, já que a data marca a volta do sol em Áries no mapa astral, o que representa a virada dos anos no calendário budista que a Tailândia segue.

As festividades usam a água como simbologia para purificação, e por isso muitas ruas são fechadas para dar espaço a grandes “guerras de água”, nas quais pessoas de todas as idades jogam água umas nas outras

Ano Novo Islâmico

Para muitos países do mundo islâmico, o ano novo se chama Al Hijiri. A data em relação ao nosso calendário varia, já que o ano no calendário islâmico tem 354 ou 355 dias — o próximo será em 9 de agosto de 2021. O calendário lunar islâmico começa a contar a partir do nosso ano 622, quando Maomé e seus seguidores foram de Mecca para Medina, onde criaram a primeira comunidade islâmica.

Essa migração é chamada de Hégira, do árabe “hjira”, que significa algo como “separação”. A data não é feriado em todos os países de maioria islâmica, e é normalmente vista como uma celebração mais introspectiva, como um período de jejum e reflexão.

Ano Novo Judaico

Rosh Hashana (literalmente “cabeça do ano”) é o nome dado ao ano novo judaico, que acontecerá em 2021 entre os dias 6 e 8 de setembro. A data marcava o começo de um novo ciclo de semear, cultivar e colher na economia dos povos antigos do oriente próximo. Os costumes relacionados à época incluem o toque de uma corneta chamada shofar, cujo som simboliza um chamado ao despertar, e as refeições incluem frutas e alimentos com mel, para que o novo ano também seja doce. A saudação mais comum entre quem celebra a data é “Shana Tovah”, que significa literalmente “bom ano”.

Ano Novo Etíope

O dia 11 de setembro (ou 12, nos anos bissextos) marca o início das celebrações do Ekutatash, o ano novo do alendário etíope. O nome significa literalmente “presente de jóias”, e vem do retorno da rainha do Sabá à Etiópia após visitar o rei Salomão. A data coincide com o fim da época de chuvas e início das colheitas, mas também é associada à cor amarela das flores que costumam se abrir na região nessa época. Além de ser feriado, a data é marcada por celebrações e banquetes, entre amigos e parentes, com pão pita e carne de frango. Buscar pela #enkutatash no Instagram ajuda a dar uma ideia da estética.

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo:

Leia