Um Projeto: Fundação Estudar
Schwarzman Scholars

Bolsas de estudo para mestrado em inglês na China

Por Lecticia Maggi

Estão abertas até o dia 15 de setembro as inscrições para o programa Schwarzman Scholars, que oferece bolsas de estudos integrais para cursos de mestrado na Universidade de Tsinghua, localizada em Pequim e considerada a melhor universidade entre os países emergentes.

O mestrado tem a duração de um ano e é possível escolher entre três áreas de estudo: Políticas Públicas, Economia e Negócios, e Estudos Internacionais. Não é necessário ter formação prévia em nenhuma dessas áreas para concorrer, nem dominar mandarim, já que todas as aulas serão em inglês.

As bolsas de estudo cobrem todos os custos do mestrado e incluem também passagens áreas para a China, moradia, alimentação, seguro-saúde, um computador pessoal e uma quantia mensal para gastos pessoais. Todos os aprovados deverão morar no campus da universidade.

São elegíveis candidatos que tenham entre 18 e 29 anos (até 1 de agosto de 2017), graduação completa (até agosto de 2017) e proficiência na língua inglesa, que deve ser comprovada por meio de exames como TOEFL ou IELTS. Os interessados devem enviar quatro cartas de recomendação, três cartas de motivação com diferentes temas (veja aqui), além de histórico escolar completo e currículo. Os selecionados serão comunicados em outubro.  Saiba mais e faça sua inscrição

Em busca de novos líderes globais

“Estamos à procura de candidatos com características muito específicas. Além de serem intelectualmente curiosos, eles devem estar dispostos a assumir riscos, ampliar sua visão de mundo e construir suas capacidades profissionais por meio de uma imersão na cultura e na sociedade chinesa”, afirmou o diretor global de admissões do Schwarzman Scholars, Rob Garris. “Os estudantes selecionados serão os primeiros a integrar uma rede global de líderes que irá crescer em perpetuidade, e que terá impacto sobre o futuro de uma forma que ainda não é conhecida”.

Este é o segundo ano do programa Schwarzman Scholars – em 2015, foram selecionados 111 bolsistas de 34 países.

 

Leia também:
Mestrado na China, estágio no Japão
O que combina mais com você: um MBA nos EUA ou na China?
Brasileiro conta como é estudar na melhor universidade da China

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo