Inicio Por que tantas bolsas procuram candidatos com “perfil de liderança”?

Por que tantas bolsas procuram candidatos com “perfil de liderança”?

Por que tantas bolsas procuram candidatos com “perfil de liderança”?
Mulheres na liderança

Não é raro que editais de bolsas de estudo coloquem entre os pré-requisitos dos candidatos o chamado Perfil de Liderança ou Habilidades de Liderança.

Para citar apenas alguns exemplos, o programa Chevening, do Reino Unido, afirma buscar atrair “profissionais com perfil de liderança para, no longo prazo, criar e manter relações positivas com futuros líderes, influenciadores e tomadores de decisão”. No Canadá é oferecida uma bolsa denominada “Futuros Líderes das Américas”; e as bolsas Eiffel, oferecidas pelo ministério das relações exteriores da França, visa “formar lideranças”.

De fato, a necessidade por líderes globais cujas visões se expandam além das fronteiras nacionais nunca foi tão grande. Para que consigamos construir comunidades prósperas e inclusivas, estes líderes do futuro devem ter o conhecimento e o entendimento multicultural que é desenvolvido em períodos de estudos no exterior.

Por isso os comitês de seleção de bolsas de estudos valorizam tanto candidatos que demonstrem possuir habilidades de liderança – eles são mais propensos a tomar a iniciativa de projetos, sabem como construir consensos e são capazes a inspirar os outros a colaborarem por um resultado maior.

E isso não quer dizer que o candidato dos sonhos esteja em um cargo ou uma posição de liderança – e sim que demonstre uma atitude protagonista com relação à própria carreira e saiba utilizar estas habilidades de liderança para ser agende de transformação.

Mas o que são habilidades de liderança, afinal?

Ao contrário do que muitos imaginam, o perfil de liderança não é algo que se tem; é algo que se constrói. Os melhores líderes são aqueles que são dedicados a desenvolver as habilidades e qualidades de lideranças de forma que elas complementem – ou compensem – seus pontos fracos.

Conheça o curso de liderança da Fundação Estudar

E a melhor parte é que estas habilidades de liderança podem ser aprendidas e aperfeiçoadas, como qualquer outra. Seja para desenvolver um projeto em equipe ou para tomar as rédeas da própria carreira, as seguintes habilidades vão abrir muitas portas:

#1 Boa comunicação

Um bom líder deve ser claro e sucinto ao se comunicar com os outros. Isto inclui conversas pessoais, por e-mail, em público ou através de documentos formais – como os essays exigidos nas candidaturas.

Esta comunicação é especialmente importante na hora de dar feedbacks para o time. Um bom líder deve ter interesse genuíno em desenvolver as pessoas ao seu redor – seja oferecendo ajuda ou dando feedbacks respeitosos e transparentes.

#2 Motivação

Um bom líder deve ser capaz de inspirar as pessoas ao seu redor, estimulando-as a se dedicar em nome de objetivos comuns. Isto envolve também saber ouvir e exercitar a empatia pelos colegas, respeitando diferentes pontos de vista e dando voz às ideias do grupo.

#3 Capacidade de Delegar e Executar

Quem sabe ouvir é capaz de identificar nas pessoas ao seu redor o que elas fazem de melhor – e é também papel da liderança estimular que elas tomem aquelas responsabilidades para si. Assim, o líder não se afoga em atividades por tentar centralizar a execução; consegue motivar os colegas e se concentrar na visão estratégica do projeto. Mas, além disso, um bom líder também deve ser capaz de colocar a mão na massa e ajudar na execução dos projetos sempre que necessário – isso demonstra comprometimento com o resultado final.

#4 Positividade

Uma atitude positiva é capaz de ajudar a manter o foco quando as coisas não acontecem conforme planejado; ajuda a criar uma atmosfera feliz de colaboração e a focar em soluções, ao invés de problemas.

#5 Confiança

É importante, sempre, demonstrar integridade através de honestidade e transparência. As pessoas devem se sentir confortáveis para levantar dúvidas e preocupações, e respeitar o líder por confiarem em suas decisões.

É também uma característica de liderança assumir os sucessos e os fracassos do time. Por isso, é preciso que o líder esteja disposto a arcar com as responsabilidades quando algo não funcionar de acordo com o planejado.

#6 Criatividade

É comum que líderes tenham que tomar um número de decisões sem terem todos os dados disponíveis. Por isso, uma habilidade de liderança é importante é ser capaz de pensar fora da caixa na resolução de problemas.

#7 Comprometimento

Se o líder pretende inspirar e motivar as pessoas ao seu redor, ele também deve ser capaz de ir até o fim para entregar o combinado – mesmo que isto signifique horas extras de trabalho e compromisso com a qualidade das entregas

E como desenvolver tudo isso?

Antes que o potencial candidato desista de enviar sua application diante desta lista extensa de habilidades de liderança, é importante ressaltar que ninguém tem 100% de perfil de liderança o tempo todo.

Um bom líder também erra (e muito) e tem vulnerabilidade para assumir seus erros e fraquezas. O importante, no fundo, é saber da importância destas características e esforçar-se para desenvolvê-las – seja através da prática, lidando com uma equipe, ou no dia a dia, exercitando esta mentalidade de liderança para as decisões do seu cotidiano.

A Fundação Estuar possui um curso que te ajuda a desenvolver a atitude de liderança necessária para ter sucesso neste processo e em outras frentes de sua carreira. Saiba mais!

Dicas de liderança Na Prática

Se você ainda não conhece o portal de carreira da Fundação Estudar, o Na Prática, chegou a hora de conhecer! Isso porque por lá você encontra diversos conteúdos sobre liderança, especialmente esse post que é um verdadeiro guia sobre o assunto:

O que é liderança e por que ela é tão importante para uma carreira de sucesso?

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo:

Leia