Bolsas MEXT: tudo sobre o programa do governo japonês para estudar no Japão

Yokohama à Noite - bolsas MEXT

A primeira coisa que vem à mente quando pensamos em Japão é tecnologia. Não à toa, boa parte das bolsas disponíveis para estrangeiros que queiram estudar no país são nesta área. Mas não apenas: há oportunidades para quem deseja estudar ciências humanas, Direito e até economia. Para apoiar estudantes que desejam embarcar para o país, em parceria com a Embaixada do Japão no Brasil, o governo japonês oferece as bolsas MEXT (do Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia do Japão).

Todas as bolsas MEXT garantem, além da isenção das anuidades dos cursos, também passagem de ida e volta para o país, curso de língua japonesa e um valor para manutenção do estudante no país. Esse valor pode variar entre 3 e 5 mil reais mensais.

As candidaturas devem ser feitas por meio dos consulados ou embaixadas do Japão no Brasil (localizados nas cidades de São Paulo, Belém, Recife, Curitiba, Brasília, Rio de Janeiro, Manaus e Porto Alegre). Também é possível se inscrever por meio de recomendação das universidades japonesas. Os pré-requisitos variam para cada modalidade, mas brasileiros que possuam dupla nacionalidade japonesa não são elegíveis para estas bolsas.

Leia também: Tudo que você precisa saber para conseguir uma bolsa de estudo

Confira as modalidades de bolsas oferecidas e veja qual se encaixa melhor com o seu perfil. Algumas delas estão com inscrições previstas para maio e junho de 2019. Mais detalhes sobre as inscrições das bolsas MEXT e os requisitos estão disponíveis no site Study in Japan.

Bolsas MEXT: Confira as modalidades

Pesquisa e Pós-Graduação

Inscrição: prevista para maio de 2020

Com duração de 2 ou 3 anos, o programa é voltado a jovens de até 34 anos que desejem realizar pesquisas em universidades japonesas. Oferece a oportunidade de cursar mestrado e/ou doutorado, caso o estudante seja aprovado no exame de admissão da instituição de ensino. É necessário possuir graduação completa ou estar no último ano de graduação, comprovar proficiência em inglês ou japonês e apresentar projeto de pesquisa. Inclui curso de língua japonesa nos seis primeiros meses do programa.

Leia também: Conheça os melhores podcasts para aprender idiomas

Graduação

Inscrição: prevista para junho de 2020

Voltado para estudantes com ensino médio completo que desejam fazer a graduação em uma universidade japonesa, nas áreas de ciências naturais, sociais e humanas. A duração é de cinco anos, e, para ser admitido, é necessário ter entre 17 e 21 anos de idade e apresentar bom domínio da língua inglesa ou japonesa.

Biblioteca da Universidade de Tokyo, uma das instituições nas quais é possível estudar com as bolsas MEXT

Escola Técnica

Inscrição: prevista para junho de 2019

A Escola Técnica no Japão oferece cursos em diversas áreas da engenharia e ciências tecnológicas, com alto nível de excelência. Essas bolsas MEXT têm duração de quatro anos, exigem ensino médio completo e bom domínio da língua inglesa ou japonesa.

Leia também: “Ao estudar no Japão, aprendi a ter disciplina e paciência”

Curso Profissionalizante

Inscrição: prevista para junho de 2019

De curta duração, as escolas profissionalizantes oferecem cursos de até 3 anos em áreas específicas, como nutrição, administração e tecnologia, visando a inserção rápida de jovens no mercado de trabalho. Entre os pré-requisitos estão ter entre 17 e 21 anos, ensino médio completo e bom domínio de inglês ou japonês.

Quer saber como conseguir uma das bolsas MEXT? Baixe o guia gratuito!

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo: