Fundação Estudar
InícioUniversidadesQuais são as melhores universidades da América Latina em 2023

Quais são as melhores universidades da América Latina em 2023

Redação do Estudar Fora - 20/06/2022
Comentários:

Todos os anos, a Quacquarelli Symonds divulga os QS World University Rankings, que classificam as melhores universidades a nível mundial. A empresa, sediada no Reino Unido,  leva em conta seis fatores para estabelecer as posições das instituições: reputação acadêmica, reputação junto aos empregadores, proporção entre o número de alunos e professores, citações por docente e proporção de professores estrangeiros e de alunos do exterior.

No ranking mais recente das melhores universidades da América Latina da QS, a maioria das instituições subiram de posição em relação ao ano anterior. Abaixo, você pode ver as melhores universidades da América Latina.

As melhores universidades da América Latina em  2023, segundo o QS World Rankings

1º: Universidad de Buenos Aires (UBA) (posição 67)

Universidade de Buenos Aires

A Universidad de Buenos Aires subiu 2 posições em relação ao ano anterior e permanece sendo a instituição latina entre as 100 melhores do mundo. Fundada em 1821 e localizada na capital argentina, a instituição pública conta com cerca de 300 mil estudantes, a grande maioria dos quais na graduação, e é um dos principais destinos para quem quer estudar na região. Leia mais sobre a UBA neste link (disponível aqui).

2º Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM) (posição 104)

UNAM - Universidade Nacional Autônoma do México

A Universidad Nacional Autónoma de México subiu 1 posição em relação ao ano anterior. Fundada em 1551 e localizada na Cidade do México, a instituição é a mais antiga da América do Norte e maior universidade da América Latina. Atualmente, ela conta com cerca de 269 mil estudantes. Leia mais sobre como é fazer intercâmbio no México neste link (disponível aqui).

3º Universidade de São Paulo (USP) (posição 115)

vista aérea da Cidade Universitária da USP

A Universidade de São Paulo é a instituição brasileira melhor posicionada no ranking. De 2021 para 2022, ela subiu 6 posições, saindo de 121 para 115. Criada em 1934, a USP se destaca nas categorias de pesquisa científica e empregabilidade. Com campi em 6 cidades no Estado de São Paulo, é responsável por cerca de 20% de toda pesquisa desenvolvida no Brasil.

4º Pontifícia Universidad Católica de Chile (UC) (posição 121)

PUC do ChileA Pontificia Universidad Católica de Chile subiu 14 posições em relação ao ano anterior. Desde o início, a universidade católica mantinha uma relação próxima com o Vaticano, sendo que o decreto fundador da universidade recebeu a aprovação e a bênção do Papa Leão XIII, em 28 de julho de 1889. Leia mais sobre a instituição no link (disponível aqui).

5º Universidad de Chile (posição 167)

Casa central da Universidade do Chile, em Santiago. Foto: Wikimedia Commons

Em 2022, a Universidad de Chile saiu da 6ª posição para a 5º, ficando em 167º lugar. Criada em 1888, UC é uma das mais importantes da América Latina e onde estudaram o escritor, diplomata e político Pablo Neruda, e o ex-presidente chileno Salvador Allende. Leia mais sobre a instituição no link (disponível aqui).

6º Instituto Tecnológico y de Estudios Superiores de Monterrey (Posição 170)

Instituto Tecnológico y de Estudios Superiores de Monterrey

O Instituto Tecnológico y de Estudios Superiores de Monterrey foi um dos poucos que caiu de posição em relação a 2021, saindo de 161 para 170. Fundado em 1943 e localizado na cidade de Monterrey, o instituto tem 26 campi distribuídos no México.

Melhores universidades do mundo em 2023

Para conferir as melhores universidades do mundo em 2023 acesse o link (disponível aqui).

O que você achou desse post?

Sobre o escritor

Redação do Estudar Fora
Redação do Estudar Fora
Escreva uma minibiografia para constar no seu perfil. Essas informações poderão ser vistas por todos.

Artigos relacionados