Um Projeto: Fundação Estudar
qualidades que as universidades buscam nas applications

7 qualidades que as universidades buscam nas applications

Por Priscila Bellini

A pesquisa anual com representantes de admissions, desenvolvida pelas ACS International Schools, destacou as qualidades que as universidades buscam nas applications. Em especial, no personal statement, que vai além do desempenho acadêmico do estudante.

Essas são as sete qualidades que você deve tentar demonstrar na sua candidatura.

#1 Uma atitude positiva com relação ao estudo

O aluno deve demonstrar que está pronto para trabalhar duro – e que não está apenas se candidatando à universidade para curtir a vida social. Ou seja, deve deixar claro que está pronto para lidar com a carga de trabalho e para se desenvolver durante a faculdade.

Além de apresentar boas notas, os jovens podem demonstrar essa característica em seu personal statement ao mencionar trabalhos e projetos pessoais que fizeram. Relacionar essa postura à área de estudo na universidade também ajuda, bem como demonstrar a capacidade de gerenciar o próprio tempo e o próprio fluxo de trabalho.

#2 Paixão pelo curso escolhido

Os candidatos precisam demonstrar uma paixão pelo curso, um interesse que vá muito além do que é requisitado em sala de aula. Uma conquista pessoal ou mesmo atividades extracurriculares podem ilustrar bem isso. Também é positivo demonstrar de que forma o aprendizado durante e depois da aula se liga à área que se pretende estudar.

Em última análise, paixão e perseverança são qualidades que as universidades buscam, mas que também atraem os empregadores.

#3 A habilidade de pensar e trabalhar de forma independente

De acordo com o levantamento deste ano, quase metade dos responsáveis pelas admissions no Reino Unido sentem que os alunos não estão prontos para encarar a faculdade.

Leia também: “Seu objetivo é escrever uma redação que faça com que se apaixonem por você”

Por que eles pensariam isso? Em suas respostas, 89% dos participantes da pesquisa citam a dificuldade dos estudantes de pensar e aprender de forma independente. Enquanto isso, 75% deles também acredita que faltam aos jovens habilidades sociais e senso crítico.

Então, é importante deixar claro que você é um candidato completa, que vai além dos estudos.

#4 A capacidade de perseverar e completar tarefas

É necessário demonstrar comprometimento e determinação, já que 91% dos participantes da pesquisa citam tais elementos como qualidades que as universidades buscam nas applications.

Leia também: Brasileira aprovada em 7 universidades americanas dá dicas sobre application

As instituições de ensino querem indicadores de que os alunos vão completar o curso e que entendem o significado disso. Se você pratica algum esporte em grupo, está envolvido em algum comitê ou conselho da sua escola, ou mesmo teve um trabalho part-time no currículo, vale mencionar isso. Todas essas experiências mostram um senso de comprometimento e uma habilidade de se responsabilizar por tarefas e completá-las. Você também pode falar de posições de liderança que teve ou de contribuições que fez.

#5 Uma postura questionadora e curiosa

Essa é uma das qualidades que as universidades buscam nas candidaturas, em 91% dos casos.

Leia também: 6 dicas sobre application de brasileiro aprovado na Universidade de Chicago

Você já tomou a iniciativa de revisar a matéria da aula, junto dos colegas? Pesquisou mais sobre uma teoria que aprendeu em uma aula qualquer? Fale sobre isso na sua application, porque não só demonstra sua curiosidade como mais uma combinação de aspectos positivos. Entre eles, sua atitude positiva em relação ao estudo, um interesse no curso e uma habilidade em pensar e trabalhar de forma independente.

#6 Boa escrita em inglês

Certifique-se de revisar, revisar e revisar de novo se cada palavra e frase do seu personal statement está escrita corretamente, se faz sentido e se está gramaticamente correta. Peça ao máximo de pessoas possível para que chequem o texto e vejam se ele está bem redigido – em especial, professores que tenham experiência com applications. Os responsáveis por admissions vão perceber os eventuais erros, e isso pode sugerir uma falta de atenção ou cuidado de sua parte.

#7 Capacidade de trabalhar bem em grupos

Entre os responsáveis por admissions que participaram da pesquisa, 73% disseram que procuram evidências de aptidão para trabalhar em equipe. Então, se você fez parte de um time, comitê ou clube de interesse, inclua isso na candidatura para mostrar que sabe se sair bem quando o assunto é trabalho em grupo.

Muitos cursos exigem isso e as universidades também querem ver provas de como você vai contribuir com a instituição como um todo – seja participando de uma associação ou mesmo criando um novo clube.

Leia também: Tudo que você precisa saber sobre graduação no exterior

Este texto foi originalmente publicado no site Times Higher Education, em inglês.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d