Um Projeto: Fundação Estudar
ferramentas de organização

Três ferramentas de organização para ajudar na sua application

Por Priscila Bellini

Não é segredo que as applications para universidades estrangeiras exigem dedicação dos candidatos. Há sempre uma lista extensa de documentos, que vão da carta de motivação às recomendações, e vários requisitos a cumprir, como a proficiência em idioma estrangeiro. Para dar conta de tudo, a saída é investir nas ferramentas de organização.

Entre as alternativas possíveis para o planejamento, estão técnicas variadas, que vão das planilhas de Excel ao bullet journal, método personalizável que se popularizou recentemente. Mantendo cada detalhe da candidatura em ordem, é possível ter uma visão geral do processo, dos prazos para cada etapa e dos custos envolvidos.

Leia mais: Como manter a organização financeira antes e durante o intercâmbio

Conheça abaixo três ferramentas de organização que podem ajudar na sua application e veja qual delas funciona melhor para você.

Bullet journal

Criada pelo designer Ryder Carroll, a técnica exige apenas dois materiais, um caderno e uma caneta. Há muitos adeptos que complementam a ideia com canetas coloridas, fitas e post-its. Em resumo, o caderno deve ser usado para listas de tarefas, metas e planos futuros, além de servir como forma de monitorar passos já executados.

Leia mais: Esta ferramenta vai ajudar a realizar o sonho do seu intercâmbio em 2018

Para começar, basta listar os itens do índice (em que é possível identificar as páginas em que cada parte fica localizada, além de determinar os símbolos atribuídos a cada tipo de tarefa) e estabelecer um calendário anual, com datas importantes. Depois, é a vez de determinar metas gerais para o ano, como livros a serem lidos e assuntos a serem estudados.

A cada mês, é importante destinar páginas aspectos da vida cotidiana que serão monitorados. Por exemplo, gastos ao longo do mês de janeiro, hábitos alimentares e uso de remédios. Aí está a chave do bullet journal, uma das ferramentas de organização personalizáveis: a possibilidade de tirar ou adicionar pontos de análise e planejamento. Nesse caso, pontos voltados à application.

No caso das candidaturas, uma opção inicial seria adicionar as metas gerais do ano, como “submeter candidatura à graduação em Columbia” ou “atingir nota 100 no TOEFL”. A partir daí, listas mais detalhadas destinadas a cada mês, bimestre ou trimestre.

Leia mais: Brasileira aceita em 11 universidades dá dicas sobre application e bolsas

Levando em conta que as applications serão feitas no segundo semestre do ano, é possível detalhar tarefas para cada meta geral. Em janeiro e fevereiro, por exemplo, estudar para um teste padronizado – e, em março, fazer a prova pela primeira vez.

Nas listas diárias feitas no cadernos, também vale adicionar tarefas importantes, feitas no dia a dia. Entre elas, estão “revisão de conteúdos para o TOEFL”, “realização de uma prova do SAT, como treino” ou ainda “pesquisa sobre universidade de Harvard”.

Leia mais: Glossário de termos relacionados à pós-graduação no exterior

Como tudo é personalizável, cabe ao candidato determinar que passos precisa dar ao longo do ano, tendo em mente os editais e os critérios que precisa seguir para a application da graduação ou da pós. Basta dividir tais metas em passos menores, a serem monitorados e anotados no bullet journal, onde podem ser deixadas também anotações ao longo do processo.

Cronograma de application

Criado pelo Estudar Fora, o cronograma de application serve como forma de planejar e visualizar um ano de preparação para a application. Como as universidades estrangeiras apresentam uma lista razoável de itens exigidos no processo, é necessário ter em mente prazos para executar cada tarefa. Entre elas, estão a solicitação de cartas de recomendação, pesquisa sobre opções de bolsas e preparação para testes padronizados, como GMAT e GRE.

Leia mais: Tudo que você precisa saber para conseguir uma bolsa de estudo

O template do cronograma de application foi elaborado considerando os principais prazos de candidaturas para graduação, mestrado e MBA no exterior. Entretanto, trata-se de uma das ferramentas de organização personalizáveis, que pode ser modificada de acordo com a candidatura.

Para ter acesso ao cronograma, basta baixar o modelo!

Planilhas

Velhas aliadas de todo tipo de planejamento, as planilhas também entram na categoria de ferramentas de organização úteis para application. Os interessados em monitorar os avanços da candidatura podem usar, por exemplo, uma planilha separada em seis colunas.

Entre elas, estão o nome da instituição de ensino, os dados de acesso do sistema de application e os requisitos de cada universidade. Em um modelo criado pelo site Spreadsheet Solving, há ainda uma coluna para monitoramento de cada requisito, que deve ser preenchida com “sim” ou “não”, bem como prazos e taxas (que devem ser marcadas como “pagas”).

Como sempre são ferramentas de organização personalizáveis, que podem ser adaptadas por cada candidato, de acordo com suas necessidades. O importante é se organizar para dar o máximo de si em cada etapa.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d