Inicio Universidade de Melbourne, na Austrália, tem bolsas integrais de graduação

Universidade de Melbourne, na Austrália, tem bolsas integrais de graduação

0
Universidade de Melbourne, na Austrália, tem bolsas integrais de graduação

A Universidade de Melbourne, uma das 50 melhores universidades do mundo de acordo com o QS World Rankings, está oferecendo bolsas integrais para graduação na Austrália. As bolsas são parte do programa Melbourne International Undergraduate Scholarships, que contemplam alunos com excelente histórico acadêmico que desejem fazer uma graduação na instituição. As inscrições vão até 30 de novembro.

Segundo a universidade, são oferecidas em torno de 50 bolsas por ano. Seus valores variam de acordo com o perfil do candidato, mas vão desde um deconto de 10 mil dólares australianos no primeiro ano de estudos até o valor total das anuidades pelos três anos de duração dos programas de graduação da universidade.

Como concorrer às bolsas de graduação na Austrália

São elegíveis à bolsa estudantes de países que não a Austrália ou a Nova Zelândia e que tenham concluído o ensino médio com desempenho excelente. Para demonstrar essa excelência acadêmica, a universidade pede que os candidatos comprovem que tiveram um aproveitamento final equivalente a 43 pontos (dentre 45 possíveis) num International Baccalaureate, ou quatro notas A* nos exames GCE A Levels.

Isso não significa que estudantes que desejem concorrer a essa bolsa precisem fazer exatamente esses exames. No entanto, eles devem comprovar que foram muito bem nos seus exames finais do ensino médio — no caso brasileiro, seria como demonstrar uma excelente nota no ENEM, mais uma boa pontuação no SAT. Trata-se de uma bolsa bastante exigente.

Leia também: Intercâmbio na Austrália: as melhores dicas e os principais programas 

O lado positivo é que não é necessário fazer um procedimento separado de candidatura para ela — basta se candidatar ao curso que deseja fazer na Universidade de Melbourne. Para isso, você vai precisar do seu histórico acadêmico, diploma, carta de motivação e  comprovante de proficiência em inglês. Mais informações sobre o procedimento de candidatura podem ser vistas neste link.

Para quem deseja começar a estudar fora no primeiro semestre de 2021, as inscrições vão até 30 de novembro. Depois desse prazo, é possível se candidatar para começar no segundo semestre, e as inscrições devem terminar entre o fim de maio e começo de junho de 2021 (mas ainda não têm data definida para acabar).

 

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo:

Leia