Um projeto: Fundação Estudar

Pós Graduação

O que você precisa saber para cursar uma pós-graduação fora do Brasil

02.02.16

Mestrado no exterior: 4 profissionais dão dicas para você também conseguir

Mestrado no exterior: 4 profissionais dão dicas para você também conseguir

Eles se formaram em universidades como Harvard e Yale e são unânimes: para ser aceito, é preciso um bom planejamento e boas histórias para contar. Veja!

Mariane Hotta, Gustavo Bassetti, Marcelo Cabral e Igor Barros não se conhecem, mas têm algo em comum no currículo: os quatro realizaram mestrados em universidades de excelência – e concorridíssimas – dos Estados Unidos. Mariane e Gustavo concluíram o MBA em Harvard, a mais prestigiada instituição de ensino do mundo. Já Igor optou pelo MBA em Yale e Marcelo fez mestrado em Políticas Públicas (MPP) na Universidade da Califórnia em Berkeley.

Você pode, mas tem que querer. E realmente querer é diferente de só dizer que quer

Para eles, o primeiro passo para ser aprovado em um mestrado fora é acreditar que é possível. “Você pode, mas tem que querer. E realmente querer é diferente de só dizer que quer”, considera Igor. “Tem que se dedicar muito a todo o processo.”

Mariane compartilha de opinião semelhante: “Muitas pessoas se desmotivam porque acham que não têm uma história bacana, mas, muitas vezes, é só questão de contá-la da maneira certa nas redações (essays)“. A seguir, os quatro dão orientações para você também chegar lá:

Pesquise muito

“A primeira orientação que eu daria é pesquisar muito. Não existe uma escola melhor do que a outra, existe a escola melhor para você. Para algumas pessoas, Harvard talvez nem seja uma escola legal para ir.” – Gustavo Bassetti, formado no MBA em Harvard.

Assista ao bate-papo completo com o Gustavo 

Peça para ex-alunos lerem suas redações

“O primeiro ponto é um bom planejamento, já que o processo todo é bastante demandante. Então, se tiver o tempo contanto a seu favor, é um ponto positivo. O segundo ponto é pedir para ex-launos lerem suas essays e darem ideias.” – Mariane Hotta, formada no MBA em Harvard.

Assista ao bate-papo completo com a Mariane

Se preciso, peça ajuda de profissionais

“Eu comecei do que achava mais fácil para o mais difícil, comecei pelo TOEFL. E tive ajuda de professores para o TOEFL e para o GRE.” – Marcelo Cabral, formado no mestrado em Políticas Públicas (MPP) na Universidade da Califórnia em Berkeley.

Assista ao bate-papo completo com o Marcelo

Ao longo de sua carreira e vida acadêmcia, acumule boas histórias

“É muito importante que você tenha histórias para contar. Se não tiver, é dificil convencer as escolas de que você é interessante para elas. A minha vida inteira tentei fazer coisas fora da escola: na UFMG era um dos representantes discente, me envolvi com empresa junior (…) Se você quer estudar em uma escola de alto nível e quer mudar o mundo, mas ainda não está mudando, vai ser difícil convencê-los.” – Igor Barros, formado no MBA em Yale

Assista ao bate-papo completo com o Igor

Leia também:
Guia online e gratuito sobre MBA no exterior
Guia online e gratuito sobre pós-graduação no exterior
O passo a passo do application para o MBA no exterior

Conecte-se ao Estudar Fora

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas