Um Projeto: Fundação Estudar

Japão oferece bolsas de estudo para professores

Por Lecticia Maggi

O Ministério da Educação, Cultura, Esporte, Ciência e Tecnologia (MEXT) do Japão está oferecendo bolsas de estudo para professores brasileiros que tenham interesse em realizar pesquisas sobre educação em universidades japonesas. As inscrições vão até o dia 4 de março.

As bolsas de estudo vão de outubro de 2016 a março de 2018 e incluem, além da isenção das taxas escolares, ajuda mensal de 143.000 ienes (pouco mais de R$ 4.900) e passagens aéreas.

Para se candidatar, é preciso ter nascido em 2 de abril de 1981 ou após essa data, ter inglês avançado, e ter concluído um curso superior, além de ter pelo menos cinco anos de experiência como professor do ensino fundamental e/ou médio, orientador pedagógico, assistente educacional ou diretor de escola e exercer a função atualmente. Não é obrigatório falar japonês, mas os interessados devem estar dispostos a aprender o idioma e conhecer a fundo a cultura e estilo de vida japones.

O objetivo da bolsa é contribuir para o desenvolvimento dos dois pa´sies. por isso, ao término do período de estudos, os professores devem retornar aos seus países de origem para colcoar me prática aquilo que aprenderam.

O processo de seleção inclui envio de currículo (em inglês), histórico escolar e plano de pesquisa no Japão, entre outros itens. Alguns consulados do Japão no Brasil oferecem aos interessados a possibilidade de agendar um horário para tirar dúvidas sobre o programa e o processo de seleção.

Veja aqui o edital completo
Saiba mais sobre as bolsas de estudo

Leia também:
Chieko Aoki: “Ao estudar no Japão, aprendi a ter disciplina e paciência”
Guia online e gratuito de bolsas de estudos no exterior

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo