Um projeto: Fundação Estudar

Graduação

O que você precisa saber para cursar uma graduação fora do Brasil

18.11.15

IELTS: nove dicas para melhorar o seu desempenho

IELTS: nove dicas para melhorar o seu desempenho

Estudar com cronômetro e gravador e aprender vocabulário específico sobre gráficos podem fazer diferença na sua nota. Veja outras dicas!

Por Vivian Carrer Elias

Exigido em processos seletivos de cursos de graduação e pós em língua inglesa, o IELTS é feito anualmente por cerca de 2 milhões de pessoas fazem o teste. Isso o torna o exame de proficiência em inglês mais popular do mundo, à frente do TOEFL.

Mesmo entre quem domina o inglês, vale ressaltar, preparar-se especificamente para o IELTS é fundamental para conquistar uma boa nota. É preciso conhecer as exigências do teste e acostumar-se com o tempo destinado a cada seção.

Estudantes contam como conquistaram nota excepcional no IELTS

A pedido do Estudar Fora, especialistas na preparação para o exame listaram algumas dicas para antes e durante o teste, que podem ajudá-lo a conquistar uma boa nota. Confira:

1. Estude com cronômetro e gravador 

Ao preparar-se para o IELTS, faça simulados com um cronômetro. Tente fazer as duas redações do writing de uma vez em até 60 minutos, ou falar sobre determinado assunto, sem pausas, por dois minutos, que é uma das tarefas do speaking. Neste caso, tenha em mãos também um gravador, assim poderá descobrir se está cometendo deslizes na pronúncia.

2. Aperfeiçoe a gramática ao estudar

Para evitar erros gramaticais, é preciso saber quais deslizes você costuma cometer em inglês. “Uma boa dica é escrever a redação no computador sem correção gramatical automática. Você pode copiar e colar o texto no site Grammarly, que corrige e explica cada erro”, diz Mateo Chang, coach de preparação para estudos no exterior. “Depois de corrigir o texto, é importante reescrevê-lo para treinar a escrita da forma correta”, acrescenta.

3. Aprenda vocabulário específico sobre gráficos e tabelas

Em uma das redações exigidas no writing, você deverá analisar uma informação visual (imagem, gráfico ou tabela). “É necessário conhecer vocabulários específicos para descrever esses dados”, diz Ana Virginia Kesselring, professora de idiomas e especialista na preparação para testes internacionais. Exemplos: it increased significantly; there was a slight decrease; there was a fluctuation over the year; it grew sharply; it remained stable.

4. Acostume-se a ler em inglês

Para a professora Ana Virginia Kesselring, a seção de reading é a mais exigente do teste. “Não há segredo. O aluno precisará ter bagagem de leitura, o que não acontece de um dia para o outro”, diz. Por isso, se ainda não está habituado a ler textos em inglês, comece já. Valem livros, jornais, revistas e artigos na internet.

5. Treine o seu ouvido para o inglês

A seção de listening traz áudios sobre temas variados. Por isso, é importante ter o hábito de ouvir o idioma de formas distintas, como fazendo simulados da prova, ouvindo rádio, vendo filmes e outros tipos de vídeos sem legenda. Por exemplo, O site TED-Ed tem aulas curtas em inglês que abordam uma série de assuntos, como ciência, sustentabilidade e artes.

6. Encare o speaking como uma conversa

Como a seção de speaking é feita com um examinador,a maneira com que você fala e se apresenta é muito importante. “Ou seja, olhar nos olhos do examinador, falar em volume e ritmo adequados e pronunciar com clareza as palavras fazem toda a diferença”, diz Mateo Chang, coach de preparação para estudos no exterior.

7. No speaking, sempre dê respostas completas

Um dos pontos mais importantes dessa seção é não limitar as respostas a um simples “yes” ou “no”, mas justificar ou exemplificar o que fala, por mais simples que seja a pergunta. Por exemplo: Do you like listening to music? / Yes. I listen to music every day on my way to school. My favourites types of music are rock and pop and I am a big fan of Bon Jovi.

8. Utilize expressões variadas para ligar frases ou ideias

Segundo Mateo Chang, em provas como o IELTS, utilizar diferentes expressões para ligar duas frases ou ideias demonstra que o aluno tem um bom domínio do inglês. São as chamadas linking words, que podem ter várias funções. Por exemplo:

Ligar duas orações: but, however, furthermore, moreover, besides.
Associar duas ideias: not only / but also; neither / nor.
Organizar exemplos ou justificativas: firstly; secondly; finally; to begin; to conclude. 

Veja mais exemplos nesta lista da Universidade Birmingham City, do Reino Unido.

9. Encontre formas diferentes de expressar uma opinião

Ao expressar uma opinião, seja no writing ou no speaking, procure demonstrar um vocabulário variado. Antes de repetir I think, pense em outras expressões, como: from my opinion; I completly agree that; In my point of view; I strongly believe; As far as I am concerned.

Leia também:
Guia online e gratuito do IELTS
Guia online e gratuito do TOEFL
TOEFL ou IELTS?

Conecte-se ao Estudar Fora

http://promo.estudarfora.org.br/07de78d376d72cb1d7d3

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas