Um projeto: Fundação Estudar

Graduação

O que você precisa saber para cursar uma graduação fora do Brasil

09.11.15

Estudantes contam como conquistaram nota excepcional no IELTS

Estudantes contam como conquistaram nota excepcional no IELTS

Estudantes conseguiram 8 de 9 pontos possíveis na prova. Para isso, fizeram simulados com cronômetro e criaram o próprio caderno de vocabulário!

International English Language Testing System (IELTS) é o exame de proficiência em inglês mais popular no mundo. Aplicado em 140 países e aceito por mais de 9.000 organizações, a prova avalia as habilidades dos alunos em quatro áreas: listening, reading, writing and speaking.

A nota máxima possível no teste é 9, e ela é dada pela média da pontuação do estudante em cada uma das quatro seções. A nota mínima exigida por universidades internacionais varia. Instituições de excelência costumam determinar que o aluno tenha ao menos 7.5 pontos no exame, e que a pontuação em cada seção seja maior do que 7.

A pedido do Estudar Fora, dois alunos que conquistaram nota 8 compartilharam as suas estratégias de estudo: Aline Khoury, de 26 anos, foi aceita no programa de Doutorado em Desenvolvimento Social na Universidade de Cambridge; e Caio Cardos, também de 26 anos, foi aprovado no MBA em Football Industries na Universidade de Liverpool. Ambos começaram os seus estudos no Reino Unido em setembro deste ano. Veja a seguir as dicas deles:

Faça simulados

Dominar o inglês nem sempre é sinônimo de boas notas no IELTS. A prova possui exigências específicas e um limite de tempo que, para muitos alunos, é apertado. Por isso, é preciso acostumar-se com a duração de cada etapa – e fazer simulados do teste é uma ótima forma de aprender a administrar o tempo. “Apesar de eu saber o conteúdo da prova e do idioma, era bastante lenta. Então, além de fazer algumas aulas particulares, fiz simulados na internet, sempre cronometrando o tempo, o que foi fundamental para que eu superasse essa dificuldade”, diz Aline Khoury.

Combine os seus interesses com o idioma

Durante a preparação para o IELTS, é importante estar em contato com o inglês o máximo de tempo possível. E uma boa forma de evitar que isso fique cansativo é incluir o idioma em atividades de lazer, como ao ler um livro, assistir televisão e ir ao cinema. “Sempre gostei de ler livros e notícias relacionados a esporte. Então, antes da prova, passei a procurar por livros e sites em inglês sobre o assunto, além de ouvir a rádio BBC 5 Live pela internet, que aborda o tema”, diz Caio Cardoso.

Identifique a sua dificuldade

Ao estudar para o IELTS, é importante perceber em quais aspectos você possui maior dificuldade para dar mais atenção a eles. “Como o meu maior problema era controlar o tempo na hora de fazer a redação, escrevia textos todos os dias”, explica Aline. “Além de administrar o tempo, escrever ajuda a memorizar as fórmulas de estrutura de uma redação e tornam essa tarefa cada vez mais natural.”

Leia notícias em inglês 

Para Caio Cardoso, ler notícias em inglês contribuiu com a sua nota por vários motivos. “Além de treinar para o reading, ler jornais ajuda a compreender como é a escrita formal no inglês, a ter ideias de conteúdo para a redação e a incrementar o vocabulário. Quando eu não sabia alguma palavra, logo procurava o significado no dicionário, então era algo novo que estava aprendendo”, diz.

Fale em inglês sempre que possível

Muitos alunos acabam não se saindo bem na seção de speaking porque, embora saibam falar inglês, não têm o hábito de conversar no idioma e se sentem travados na hora da prova. “Eu nunca havia feito intercâmbio em um país de língua inglesa, mas sempre coloquei em prática o idioma em viagens de lazer e em ambientes acadêmicos, como congressos, e acredito que isso tenha contribuído com o meu desempenho. Conversar com estrangeiros pela internet ou com amigos também ajuda muito nesse sentido”, diz Aline. 

Crie o seu próprio dicionário

Estudar para o IELTS, ler textos, ouvir músicas, assistir a filmes e conversar em inglês ajudam a ampliar o vocabulário do estudante. Se você anotar toda as novas palavras aprender, irá memorizá-las mais facilmente. “Eu criei um caderno de vocabulário e separei por temas. Por exemplo: meio ambiente, educação e sustentabilidade. Assim, se algum assunto parecido fosse abordado no writing ou no speaking, teria mais opções para me expressar”, conclui Caio.

Leia também:
Guia online e gratuito sobre o IELTS
Guia online e gratuito sobre o TOEFL
TOEFL ou IELTS?

Conecte-se ao Estudar Fora

http://promo.estudarfora.org.br/07de78d376d72cb1d7d3

Leia Mais

estagiários da Microsoft comemorando
impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT