Um Projeto: Fundação Estudar
guias gratuitos sobre intercâmbio

Confira 5 guias gratuitos sobre intercâmbio de idiomas

Por Priscila Bellini
10.07.2018

Quer fazer intercâmbio para estudar um idioma e não sabe por onde começar? Acesse os guias gratuitos elaborados pelo Estudar Fora, com destinos como Irlanda e Espanha.


Escolher o destino do intercâmbio, assim como o programa ideal é uma tarefa e tanto. Afinal, há uma infinidade de cursos disponíveis para todos os bolsos, em localidades tão variadas quanto. Para orientar melhor quem deseja aperfeiçoar um idioma no exterior, o Estudar Fora lançou guias gratuitos com cinco países!

Para os interessados em inglês, há quatro opções destacadas: Irlanda, Estados Unidos, Austrália e Canadá. Esse último também serve de opção para os que querem aprender francês. Nos guias gratuitos publicados, há também detalhes sobre cursos de espanhol na Espanha.

Conheça os guias gratuitos sobre intercâmbio de idiomas do Estudar Fora

#1 Inglês e francês no Canadá

O país mais admirado do mundo serve de destino para os alunos de inglês e de francês. Afinal, são duas línguas oficiais faladas nas províncias canadenses. Como principais cidades, estão Toronto, Vancouver e Montreal.

Estabelecer quais são os custos para um intercâmbio de idiomas no Canadá, entretanto, é difícil. Isso porque o segundo maior país do mundo oferece uma gama extensa de opções. São, por exemplo, mais de 10 mil cursos de graduação e pós, distribuídos por 95 universidades. Já a formação oferecida por escolas de idiomas é tão variada quanto – e com preços que diferem de cidade para cidade.

Acesse o guia sobre intercâmbio de idiomas no Canadá!

#2 Inglês na Irlanda

Queridinho dos brasileiros, o país atrai olhares pelo custo de vida mais acessível e pelas permissões concedidas a alunos estrangeiros. É possível, por exemplo, combinar estudo e trabalho e permanecer no país por meses, aperfeiçoando o inglês. Some-se a tais vantagens, ainda, a variedade de cursos reconhecidos pelo governo.

Antes de fazer as malas, entretanto, vale prestar atenção aos critérios para que estudantes trabalhem no país. Outro ponto importante diz respeito à cidade de destino, já que o custo de vida varia bastante entre elas.

Saiba tudo sobre intercâmbio de idiomas na Irlanda! 

#3 Inglês nos Estados Unidos

Provavelmente, esse é o destino mais conhecido para intercâmbio de idiomas. Com uma gama de opções generosa, é necessário avaliar qual programa se encaixa melhor nos objetivos do estudante. Há, por exemplo, o modo “Work and Travel” e também cursos intensivos nas escolas de idioma. Tudo depende do tempo disponível para o intercâmbio e, também, do orçamento do aluno.

Cidades como Nova York, por exemplo, tendem a concentrar preços mais inflados. Entretanto, reúnem também instituições como a Universidade Columbia e boas opções culturais, entre museus, shows e festivais. Já uma localidade no interior de estados como o Minnesota pode oferecer um custo de vida mais baixo, ainda que com poucas escolhas de entretenimento.

Conheça mais sobre intercâmbio de idiomas nos Estados Unidos!

#4 Espanhol na Espanha

Há centenas de opções disponíveis para quem deseja melhorar sua proficiência no país europeu. Os destaques ficam para as escolas oficiais, apoiadas pelo governo e que oferecem cursos do idioma também a estrangeiros. Por sua vez, as universidades também ganham força como opção viável: ministram intensivos de verão e mesmo preparatórios para o DELE.

Para os que buscam, também, uma bolsa de estudos que contemple as despesas principais do intercâmbio, há diversas opções. Iniciativas do Banco Santander, bem como de instituições de ensino como a Universidade de la Rioja, são algumas delas.

Saiba mais sobre intercâmbio de idiomas na Espanha!

#5 Inglês na Austrália

O gigante da Oceania tem atraído muitos brasileiros para cursos de inglês. Há desde opções em universidades, como a Macquarie (que oferece bolsas para brasileiros), até escolas de idioma tradicionais. Para ter uma ideia, o país oferece uma variedade de opções de estudo para estudantes estrangeiros, com mais de 1.200 instituições e 23 mil cursos de idiomas.

Para escolher seu curso e instituição de ensino, procure os que estão inscritos no Registro de Instituições e Cursos para Estudantes Estrangeiros da Comunidade da Austrália (CRICOS). Depois de escolhido o destino, é possível entrar em contato diretamente com a instituição ou procurar uma agência. Sites como o Spiible também ajudam a “filtrar” as opções que melhor se encaixam nos objetivos do aluno.

Acesse o guia gratuito sobre intercâmbio na Austrália!

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d