Um Projeto: Fundação Estudar
destaques da Brazil Conference

Confira os destaques da Brazil Conference em Harvard e MIT

Por Priscila Bellini

Nos dias 6 e 7 abril, o Brasil esteve no centro das atenções em duas das melhores universidades do mundo: Harvard e MIT. A Brazil Conference reuniu intelectuais e personalidades brasileiras para discutir o tema da edição deste ano, a “ação que transforma”. Com um elenco tão variado de convidados, incluindo Jorge Paulo Lemann, a procuradora-geral da República Raquel Dodge e a cantora Anitta, não faltaram destaques da Brazil Conference para listar.

As palestras e mesas redondas foram transmitidas pela página do evento e os painéis discutiram os desafios do Brasil e iniciativas para mudança social durante a sexta-feira e o sábado, durante o dia inteiro. Os ingressos para o evento presencial se esgotaram com meses de antecedência.

Conheça os destaques da Brazil Conference

#1 Homenagem a Marielle Franco

A vereadora carioca Marielle Franco, assassinada em março, seria uma das convidadas da conferência para a conversa “Como renovar a política brasileira já em 2018?”. Depois de sua morte e a do motorista Anderson Gomes, o evento manteve uma foto em preto e branco de Marielle no site, como um dos destaques da Brazil Conference, e uma mensagem de condolências e solidariedade “com a dor de seus familiares, amigos e dos que com eles conviveram”.

Durante o evento presencial, uma foto ampliada da vereadora foi colocada no Joseph B. Martin Conference Center, da Harvard Medical School, acompanhada de flores em homenagem a Marielle.

#2 Hugo Barra no Hack Brazil

No painel do Hack Brazil, comandado pelo apresentador Luciano Huck, estavam o empresário Henrique Dubugras e Hugo Barra, VP da divisão de realidade virtual do Facebook e head do time Oculus. Ao longo da conversa, Barra destacou os projetos em que tem trabalhado, com uma quebra de paradigmas computacionais. Como ele explica, em vez de telas planas e retangulares em celulares, aparelhos de televisão e cinemas, o próximo passo seria apostar na realidade virtual e aumentada – em que o usuário estará de fato inserido na tecnologia.

#3 Discussões sobre racismo 

As questões sociais levadas às discussões da conferência incluíram debates sobre o problema do racismo no país. Como um dos destaques da Brazil Conference, está o painel “Promovendo justiça racial: os casos do Brasil e dos Estados Unidos”, em que participaram a feminista mestre em Filosofia Política Djamila Ribeiro, o sociólogo Matheus Gato e o rapper Tef Poe.

A brasileira Djamila Ribeiro, que atuou na Secretaria de Direitos Humanos de São Paulo, destacou que o racismo não descreve apenas situações pontuais, de ofensas raciais, mas é estruturante e sistemático, privando uma parcela da população de oportunidades.

#4 Empreendedorismo no Brasil

Entre os painéis que discutiram empreendedorismo em terras brasileiras, estiveram “Lições experimentais para empreender no Brasil”, “Brasil, um bom negócio” e  “Reinvenção do Empreendedorismo: criar, competir e colaborar”. Os empreendedores participantes, entre eles Peter Fernandez, do app 99, José Galló, das Lojas Renner, e Cristina Junqueira, do Nubank, compartilharam suas lições de perseverança e estratégia em oferecer os melhores serviços ao consumidor.

#5 Anitta em Harvard 

Anitta foi um dos destaques da Brazil Conference, em um painel em que compartilhou um pouco de sua trajetória e avanços na carreira. Também discutiu o preconceito contra o funk carioca e suas origens cantando o ritmo. “Antes de cantar, eu nunca tinha ido à zona sul do Rio de Janeiro. Então é muito difícil você cantar o ‘barquinho vai, a tardinha cai’ se você nunca viu essas coisas”, disse a cantora, em conversa mediada pela brasileira Larissa Maranhão, líder da Fundação Estudar que se formou em Harvard.

“O funkeiro canta a realidade dele. Se ele acorda, abre a janela e vê gente armada e se drogando, gente se prostituindo, essa é a realidade dele. Para mudar as letras do funk, você tem que mudar antes a realidade de quem está naquela área”, afirmou Anitta.

Os pontos fortes da Brazil Conference

O engenheiro brasileiro Gabriel Bayomi esteve no evento e também elencou os três destaques da Brazil Conference.

#1 Diversidade é fundamental

Um tema que pautou boa parte das discussões da Brazil Conference, deste ano, foi a diversidade. Nada obstante o debate sobre inclusão sempre estar presente na conferência, desta vez ele se mostrou claramente central, revelando-se uma oportunidade ímpar de conhecer diferentes perspectivas de expoentes nacionais. Carlos Brito, CEO da AB INBEV, relatou, por exemplo, os esforços de sua liderança para trazer cursos de redução de unconscious bias para contratação e gerenciamento de pessoas. Por sua vez, Áurea Carolina, da Câmara Municipal de Belo Horizonte, que cumpria a difícil tarefa de substituir Marielle Franco no evento, suscitou questões relacionadas à importância da representatividade para o país, trazendo, em consequência, relevantes reflexões para os participantes do evento.

Pessoas com histórias, mentalidades e perfis tão distintos, discutindo em profundidade um tema expressivo como diversidade, traz esperança de mudanças que o país tanto precisa.

Pessoas com histórias, mentalidades e perfis tão distintos, discutindo em profundidade um tema expressivo como diversidade, traz esperança de mudanças que o país tanto precisa. Nesse ponto, vale destacar o painel específico sobre justiça racial, mostrando mais uma vez que se buscou com afinco, na Brazil Conference deste ano, trazer à discussão grandes problemas nacionais.

#2 As decisões econômicas dos próximos anos vão mostrar as próximas décadas do Brasil

A situação econômica nacional sempre esteve inserida em todos os tipos de discussões que envolvem nossa sociedade, como sócio-política, tecnologia, segurança e, até mesmo, esporte. Contudo, foi importante notar que, com as recentes crises que avassalaram a estabilidade do país, o debate está mais centrado na busca pelo modelo econômico que trará as soluções não só mais adequadas, como também viáveis dentro do contexto atual, do que simplesmente no diagnóstico dos problemas existentes. Os posicionamentos foram diversos. Gustavo Franco expôs a importância da mudança do diálogo econômico no país e como algumas ideias, até então completamente rechaçadas publicamente, ganharam visibilidade e importância nos últimos anos.

O discurso do ex-governador Ciro Gomes, pré-candidato à Presidência do país, incluiu a maior porção dentro do campo econômico, mostrando que a pauta vai ocupar posição importante nas eleições de 2018. Vários painéis, que originalmente tinham seu foco em discussões sócio-políticas, trouxeram também extensos debates sobre a importância da adoção de políticas econômicas apropriadas para a retomada do crescimento sustentável nas próximas décadas. Claramente, o tema não é novo e sempre esteve em alta. Porém, a discussão sobre os caminhos que o país deverá tomar em futuro recente tem sido, agora, democratizada com a popularização cada vez mais acentuada das redes sociais.

#3 Tecnologia

Um ponto que surpreendeu positivamente na Brazil Conference foi a ênfase dada à tecnologia. Por ser um engenheiro que sempre acreditou que o nosso país tem um potencial não utilizado nessa área, foi estimulante observar o otimismo de vários atores importantes no cenário nacional. A Hack Brazil, como finalização do evento, deixou clara a importância creditada à tecnologia neste ano. O que se viu foi a apresentação de vários projetos de alto nível, como um verdadeiro ‘Shark Tank’ tecnológico, ao vivo, a ponto de ser impossível apontar com certeza aquele que levaria o prêmio para casa. A qualidade dos trabalhos levou uma incubadora nova de Brasília a decidir investir em uma das ideias, além do prêmio original.

Sair da conferência sem otimismo com o cenário tecnológico no país, mesmo com as dificuldades a serem enfrentadas, era impossível.

Vários tópicos importantes relacionados a áreas diferentes de tecnologia foram retratados nos painéis, direta ou indiretamente. No painel sobre Fake News, a influência de inteligência artificial e bots que propagam informações falsas em redes sociais foram discutidos entre profissionais da área tecnológica, autoridades em direito e tecnologia e o Ministro Luiz Fux da Suprema Corte do país. Carlos Brito relatou as diferenças e semelhanças culturais entre a AB INBEV e as empresas do Vale do Silício e a respectiva influência em resultados empresariais. Além disso, várias palestras foram focadas exclusivamente em tecnologia e suas aplicações no Brasil, destacando-se tanto jovens empreendedores brasileiros, como Gabriel Benarros, e Henrique Dubugras, como vozes mais experientes como o Diretor de VR do Facebook, Hugo Barra, a co-founder do Nubank, Cristina Junqueira, e o fundador da Stone Pagamentos, André Street. Sair da conferência sem otimismo com o cenário tecnológico no país, mesmo com as dificuldades a serem enfrentadas, era impossível.

Sobre a Brazil Conference 2018

A Brazil Conference surgiu em 2015, no aniversário de 30 anos da democracia brasileira, a partir de uma vontade que alunos brasileiros das universidade vizinhas Harvard e MIT tinham de levar para esses grandes centros intelectuais as discussões sobre como solucionar os principais problemas do Brasil. A conferência é organizada por estudantes das duas universidades, entre eles Gustavo Coutinho e Arthur Abrantes, Líderes da Fundação Estudar.

Já participaram de edições anteriores Sérgio Moro, Warren Buffett, Dilma Rousseff, Gilberto Gil, Marina Silva, Armínio Fraga, Kaká e mais de duzentos outros grandes destaques do cenário nacional e internacional.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d