Um projeto: Fundação Estudar

Colunistas

Orientação de especialistas e experiências de estudantes para te ajudar a chegar lá

13.06.16

Como é o processo seletivo de universidades do Reino Unido?

universidades do reino unido

Descubra o que as universidades inglesas valorizam e como preparar sua candidatura com este passo a passo da documentação!

Por Guilherme Mello, do LoveUK

Quando o assunto é estudar no Reino Unido, há sempre grandes mitos que insistem em assombrar nossas decisões: seja o monstro do custo excessivo até a dificuldade de ingressar em um programa de graduação ou pós-graduação. Além disso, o processo de candidatura é diferente tanto da seleção para universidades brasileiras quanto americanas. Hoje venho aqui com a grande missão de desmistificar todos esses medos e mostrar que tudo, na verdade, é bem mais simples do que parece.

Estudar no Reino Unido começa, como em toda decisão de estudar fora do Brasil, com uma preparação documental. Os britânicos dão muita ênfase na qualidade dos documentos e no cumprimento dos pré-requisitos. As universidades britânicas exigem cinco documentos obrigatórios: currículo vitae em inglês, carta de motivação, duas cartas de recomendação, diploma e certificado de proficiência na língua inglesa.

E como eu devo padronizar estes requisitos? É só seguir este passo a passo de como organizar sua documentação para poder se candidatar numa universidade britânica:

#1 Currículo Vitae: O currículo deve estar resumido em até duas páginas, e incluir experiência acadêmica, profissional, extracurricular, viagens internacionais e publicações científicas. Um bom currículo sempre é objetivo! E lembre-se: a veracidade das informações são verificadas, portanto evite “incrementar”;

#2 Carta de Motivação: A carta de motivação deve possuir, no máximo, uma página. Redija sua carta seguindo esse fluxo:

a) fale sobre sua área de formação;
b) conte sobre suas experiências com essa área (profissionais e acadêmicas);
c) explique o porquê que você escolheu a universidade;
d) mostre que você é o candidato ideal para o programa;
e) e finalmente, demonstre que você é o melhor candidato para uma bolsa de estudos e que você, por suas qualificações, merece entrar na universidade.

#3 Carta de Recomendação: É importante você pedir duas cartas de recomendação, uma para um professor ou orientador e outra de cunho profissional. Caso você ainda não tenha experiência profissional, não há problemas em apresentar duas cartas acadêmicas;

#4 Diploma: Para programas de pós-graduação, o diploma precisa estar traduzido para o inglês, com tradução juramentada. Procure a junta comercial da sua cidade ou do seu estado para que um tradutor te ajude com esse processo;

#5 Certificado de Proficiência na Língua Inglesa: TOEFL, Cambrigde, IELTS, qual escolher? No Reino Unido, o IELTS é o exame mais solicitado. Há abertura para applications com outros exames, mas o IELTS sempre será o mais recomendado, portanto, sugiro que você invista nele. Para programas de pós-graduação e graduação, você precisará do IELTS Academic.

Para casos de doutorado, o Reino Unido exige, ainda, a elaboração de um projeto de pesquisa, de 3 a 5 páginas, que esclareça com objetividade e respaldo de um professor da universidade de destino, o tema que deseja elaborar no programa.

Uma vez com essa documentação, você pode se candidatar na universidade. Lembre-se sempre que cada universidade tem seus pré-requisitos, sendo necessário prestar bastante atenção em todos os documentos obrigatórios exigidos.  Além disso, qualquer documento que estiver originalmente em português, precisa ser traduzido para o inglês, com tradução oficial e juramentada.

Os programas de graduação e pós-graduação têm início em setembro. Assim, a data ideal para começar a enviar sua candidatura é entre fevereiro e maio, pois o processo leva de um a dois meses para ser finalizado.

E aí, vamos nessa?

 


 

Sobre o Autor

Guilherme MelloGuilherme Mello é Consultor Educacional no Instituto Global Attitude, coordenando o programa loveUK no Brasil. Mestre em Relações Internacionais pela Universidade de Coimbra, tem experiência acadêmica e profissional na Rússia, Quirguistão, Portugal, EUA e Reino Unido. O loveUK é uma iniciativa do Instituto Global Attitude para a promoção de educação e cultura britânica no Brasil. Seu propósito é assessorar gratuitamente brasileiros em todas as etapas do processo de admissão em universidades britânicas – para cursos de graduação, mestrado, curso de inglês ou cursos de verão – de maneira individual e personalizada. Tem dúvidas? Entre em contato com eles pelo e-mail contato@loveuk.org.br.

 

Leia também:
Descubra e compare instituições de ensino do Reino Unido neste guia
10 razões para estudar no Reino Unido
Conheça as 5 cidades mais econômicas para estudantes no Reino Unido

Conecte-se ao Estudar Fora

Prep Course

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas