Site calcula custo de vida pelo mundo. Saiba quais são as mais caras (e as mais baratas)

custo de vida - várias notas de moedas de diferentes países

Ao se programar para estudar no exterior, tão importante quanto a escolha do curso e da escola, é a cidade onde você irá morar. Nessa hora, são comuns dúvidas em relação ao custo de vida do local de destino: qual o valor médio do aluguel? Quanto irei gastar com alimentação e transporte? Será que é mais barato viver na minha atual cidade ou no lugar aonde irei me mudar?

Pensando em responder a essas perguntas, o engenheiro de software Gerardo Robledillo criou em 2009 o site Expatisan, que compara o custo de vida entre diversas cidades do mundo. Você pode acessar o site por meio deste link.

Como ele funciona?

A plataforma é gratuita e funciona de forma colaborativa, em que os próprios usuários relatam os preços de serviços e produtos onde moram. Os valores são divididos entre seis grupos: alimentação, moradia, vestuário, transporte, cuidados pessoais (itens de higiene e saúde) e entretenimento.

Dentro de cada grupo há o preço, em cada cidade, de diversos itens específicos. A categoria “entretenimento”, por exemplo, inclui produtos e serviços como “par de ingressos para o cinema”, “cerveja em um bar de bairro” e “pacote de cigarros”. Já em “alimentação” há produtos como “litro de leite”, “dúzia de ovos” e “quilo de batatas”.

Como a plataforma é atualizada pelos próprios usuários, você também pode inserir os preços dos itens na sua cidade se quiser colaborar. Quando há mais de um dado para uma determinada cidade, o site informa a média dos preços.

Também é possível fazer uma comparação direta entre cidades. Viver em Londres, por exemplo, é 158% mais caro do que morar em São Paulo; já Miami, nos EUA, é 138% mais cara do que o Rio de Janeiro. Compare aqui seu atual município e sua cidade dos sonhos.

A seguir, veja quais são as 20 cidades com maior custo de vida:

Lista das 20 cidades mais caras do mundo

O “Price Index” que aparece ao lado direito é um índice de preços criado pelo próprio site. Ele compara o custo de vida em várias cidades com o de uma cidade escolhida arbitrariamente (no caso Praga, capital da República Tcheca), que tem o valor 100.

Então, por exemplo, o custo de vida em Dublin, na Irlanda, é 110% maior que o custo de vida em Praga. Em Copenhague, é 107% maior. Vale notar também: o Price Index de São Paulo é 86, o do Rio de Janeiro é 84, o de Porto Alegre é 81, o de Belo Horizonte e Curitiba é 76 e o de Salvador é 72.

E se você achou curioso que a cidade de Hamilton, capital das ilhas Bermudas, seja a mais cara do mundo, não se assuste. Trata-se de uma cidade muito pequena, em um local turístico lindo que, além de tudo, ainda é uma zona franca comercial. Isso significa que mercadorias podem transitar por lá sem as tarifas alfandegárias normais.

Muitas empresas colocam suas sedes na cidade para aproveitar esse benefício fiscal, o que faz com que ela se torne um grande centro financeiro. Isso, somado aos atrativos turísticos da ilha, faz com que ela seja frequentada por pessoas que têm muito dinheiro a gastar — e, com isso, os preços sobem muito.

Leia também:
Vídeo: como escolher sua faculdade no exterior
10 bolsas de estudo pelo mundo
Bolsas Erasmus Mundus levam você para a Europa

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo: