Um Projeto: Fundação Estudar
Denning House, em Stanford

Stanford abre inscrições para programa de bolsas de US$750 milhões

Por Nathalia Bustamante
20.05.2018

Programa Knight-Hennessy oferecerá bolsas integrais e mentoria a 100 estudantes de qualquer curso de pós-graduação em Stanford. Inscrições até 12/09!


A Universidade Stanford oferece um programa de bolsas de estudo para seus cursos de pós-graduação, disponível para todas as áreas. O Knight-Hennessy Scholars disponibiliza um total de 750 milhões de dólares em apoio financeiro – sendo o maior programa de bolsas já financiado por doações. As inscrições para a turma de 2019 vão até 12 de setembro.

O objetivo é selecionar cem estudantes de diversos países e formações, que demonstrem habilidades de liderança e alto desempenho. Podem se candidatar estudantes interessados em qualquer mestrado ou doutorado oferecidos pelas escolas de negócios; ciências da terra, do meio ambiente e energia; educação; engenharia; humanidades; direito e medicina – todas ranqueadas entre as melhores do mundo em suas áreas.

O que a bolsa oferece

A bolsa cobrirá todas as despesas do estudante durante seu período de estudos em Stanford, incluindo os custos de anuidade da instituição; alojamento e alimentação dentro do campus; livros e equipamentos de pesquisa e estudos; seguro saúde; despesas de viagem de ida e volta para Stanford; transporte local e um valor para despesas pessoais.

Leia também: Os livros que alunos de Stanford leem sobre empreendedorismo

Os bolsistas serão alojados no campus de Stanford e terão acesso à recém-inaugurada Denning House, um prédio da Universidade com salas de aula, salas de reunião, auditório e um espaço de jantar e convivência. Além disso, os Knight-Hennessy Scholars também terão acesso a treinamentos de liderança, mentoria com profissionais experientes em suas áreas e atividades práticas de aprendizado.

Para se candidatar

Para ser selecionado para o programa Knight-Hennessy, os estudantes devem enviar duas candidaturas separadas: uma para o programa de pós-graduação à sua escolha e outra para a bolsa de estudos. Só serão elegíveis à bolsa os candidatos que forem aprovados para a pós-graduação em Stanford.

A admissão aos cursos de pós em Stanford pode requerer outros documentos – confira aqui os prazos de inscrição e detalhes para cada tipo de formação.

Leia também: Tudo o que você precisa saber para fazer uma pós-graduação no exterior

Já a candidatura para o Knight-Hennessy é feita online e deve ser enviada até o dia 12 de setembro. É preciso enviar histórico acadêmico, resultados de testes padronizados (como GMAT, GRE e LSAT, além do exame de proficiência em inglês TOEFL), currículo, duas cartas de recomendação, dois essays e um pequeno vídeo introdutório.

A partir do crivo inicial, 150 finalistas serão convidados a participar de um fim de semana de imersão em Stanford, em fevereiro de 2019. Lá, além de ter acesso a networking e treinamentos, os cem contemplados com a bolsa serão selecionados.

O comitê de admissão vai considerar três critérios básicos na avaliação das candidaturas: pensamento crítico e independente, liderança com propósito e mindset cívico. Segundo o site oficial, “não há um estudante típico de Stanford, assim como não há um candidato ideal para o Knight-Hennessy”.

Sobre o Programa Knight-Hennessy Scholars

O nome do programa é uma homenagem a Philip H. Knight, ex-aluno de Stanford e co-fundador da Nike – que doou US$ 400 milhões para a iniciativa – e John L. Henessy, presidente de Stanford que encerrou em setembro seu mandato de 16 anos. Esta doação de Knight foi a maior já recebida pela Universidade de um só indivíduo, e possibilitou a criação do maior programa de bolsas de estudo financiado inteiramente por doações. O Knight-Hennessy também recebeu doações “menores”, de US$ 100 milhões e US$ 50 milhões, do investidor do Vale do Silício Robert King e sua esposa Dorothy e de Steven Denning e sua esposa Roberta.

* Foto: Projeção do deck da Denning House, prédio que será “ponto de encontro” para os Knight-Hennessy Scholars / Crédito: Divulgação

Leia também: A redação que ajudou esta baiana a ser aceita por Stanford e outras 9 universidades americanas

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d