Um Projeto: Fundação Estudar
Hansen Summer Institute on Leadership and International Cooperation Participantes Curso de Empreendedorismo Social nos EUA

Curso de Empreendedorismo Social nos EUA com todas as despesas pagas!

Por Nathalia Bustamante

Já imaginou estudar por três semanas em uma universidade americana de excelência com todas as despesas pagas? Mais do que isso: já imaginou ter acesso a uma rede de jovens de mais de 60 países comprometidos com projetos de mudança social? Essa pode ser a sua chance de fazer um curso de empreendedorismo social!

Estão abertas as inscrições para o Hansen Summer Institute on Leadership and International Cooperation, um programa que reunirá jovens do mundo inteiro para estudar resolução de conflitos e empreendedorismo social nos Estados Unidos. O prazo para candidatura vai até o dia 9 de janeiro de 2018.

Como se candidatar ao curso de empreendedorismo social

O curso será realizado na Universidade de San Diego, na Califórnia, entre 30 de junho e 21 de julho de 2018. Todos receberão bolsa de estudos integral que cobre passagens aéreas, transporte para todas as atividades, acomodação, alimentação, seguro saúde e materiais do programa. Os participantes deverão arcar apenas com os custos do passaporte e visto para os Estados Unidos.

Sobre o curso de empreendedorismo social

Os bolsistas receberão treinamento prático sobre temas como negociação, mediação de conflitos e trabalho em equipe. Segundo o instituto, “eles vão aprender a escutar ativamente e buscar interesses comuns para construir pontes de cooperação realistas”. Além de assistir a aulas e participar de palestras, debates e workshops, os participantes do curso de empreendedorismo social irão conhecer líderes políticos e empresariais. Estão previstas também excursões para atrações de San Diego como o Sea World e o Jardim Zoológico.

Na edição de 2015, o mato-grossense Bruno Cardozo foi selecionado como um dos participantes do programa. Confira a sua trajetória!

Quem pode se candidatar

Os pré requisitos para candidatura são:
– Estar cursando o terceiro ou o quarto ano da graduação ou ser estudante de pós-graduação em áreas ligadas a relações internacionais, diplomacia, desenvolvimento econômico internacional, etc;
– Ter entre 20 e 25 anos em 1º de julho de 2017;
– Ter potencial de liderança demonstrado na comunidade, região ou país;
– Ter um professor que possa atestar por escrito sua proficiência na língua inglesa;
– Ter um passaporte e um visto para os Estados Unidos válidos antes do programa começar.

Estudantes que nunca estiveram nos Estados Unidos receberão preferência no processo seletivo, embora todos possam se candidatar. Durante o processo de seleção para o curso de empreendedorismo social, cada jovem deve preencher o formulário de candidatura e enviar uma carta de recomendação de um professor e do representante de alguma ONG em que tenha trabalhado.

O programa existe desde 2007 e, até o momento, 194 estudantes de 61 países que participaram do programa têm se mantido em contato, oferecendo uma rede de apoio e troca de experiências em diversos projetos sociais. Saiba mais detalhes sobre o processo seletivo no site do programa e faça sua inscrição!

Quer trabalhar com impacto social? Conheça os melhores cursos neste guia gratuito!

*Na foto, participantes e professores de uma das turmas do Hansen Summer Institute on Leadership and International Cooperation  / Crédito: divulgação

 

Leia também:
Graduação em São Francisco, Berlim e + 5 cidades: confira a bolsa da Minerva
Por que as melhores universidades apostam em empreendedorismo social?
Saiba como estudar na universidade criada pela ONU

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo