Um Projeto: Fundação Estudar

Conheça as melhores universidades do Reino Unido na visão dos alunos

Por Lecticia Maggi

Por Carolina Campos

Todos os anos, as publicações britânicas QS e Times Higher Education (THE) divulgam rankings com as melhores instituições do mundo. Em geral, a metodologia utilizada para as análises se baseia em dados quantitativos (número de publicações de impacto produzidas pelas universidades, por exemplo) e qualiativos (entrevista com professores sobre as condições de pesquisa e de trabalho).

Desde 2013, no entanto, a THE resolveu inovar e publicar um levantamento só com a opinião dos alunos sobre suas escolas. Neste ano, quase 15 mil estudantes de 113 universidades do Reino Unido responderam a perguntas que iam desde “o que você acha do clima institucional”, passando pela “qualidade dos professores” e “os vínculos da universidade com empresas e indústria”.

Em geral, ao se falar do Reino Unido, as primeiras instituições que veem à mente são as mais famosas, como Oxford e London Business School.  Mas, quem levou o primeiro lugar em quase todos os 21 itens da pesquisa foi a University of Bath, nome pouquíssimo conhecido no Brasil.

Em 2014, a instituição já tinha conquistado a 2a posição, mas este ano chegou ao topo. Para os alunos, a universidade merece destaque pelo seu corpo docente, cursos ofertados e benefícios oferecidos aos professores. Outras áreas de destaque são: variedade de atividades extracurriculares e, principalmente, a adequação da universidade às necessidades dos alunos.

O segundo lugar foi para a Loughborough University, que ocupou a 11a posição em 2014. Loughborough deu um grande salto no ranking e foi considerada a melhor do Reino Unido no quesito “instalações para os professores”. Outro ponto forte da escola foram as áreas esportivas. Isso, sem falar nos centros estudantis: mais de 2.700 alunos fazem parte das chamadas societies, e em 2014, os alunos devotaram 28.000 horas a trabalhos voluntários. Para se ter uma ideia da força das societies de Loughborough, o valor arrecadado para caridade no ano passado atingiu a incrível marca de 1 milhão e 400 mil libras.

Como se vê, Bath e Loughborough tem um ponto forte em comum: ambas instituições se esforçaram para melhorar após receberem os resultados das pesquisas anteriores.

Universidades mais tradicionais como Cambridge e Oxford, que também buscaram melhorar a qualidade da vida estudantil, ficaram em quarto e quinto lugar, respectivamente. Acesse aqui o ranking completo

Bath pode ser opção – Se você está na dúvida sobre as instituições do Reino Unido, Bath pode ser uma boa opção. O número de brasileiros que já passou por lá é significativo, e tem crescido a cada ano. Tanto que a universidade já possui convênio com a USP e criou também um departamento de relações institucionais para estreitar laços com o Ciência sem Fronteiras (CsF) e outras universidades no Brasil. Além disso, a nota exigida de alunos internacionais  do IELTS (exame de proficiência em inglês) não é tão alta quanto em outras universidades. Ficou interessado? Saiba mais!

*Crédito da foto: Divulgação University of Bath

Leia também:
Universidade suíça é a melhor em ranking de instituições ‘jovens’
Especialistas de Harvard dão dicas para sua aprovação
Ranking QS 2015 avalia as melhores universidades por curso

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo