Um Projeto: Fundação Estudar
Redação da dpa na ALemanha

IJP: Bolsas para jornalistas em estágio profissional na Alemanha

Por Nathalia Bustamante
09.08.2018

Bolsistas do IJP terão a experiência de trabalhar em um veículo de comunicação na Alemanha como redatores-visitantes, por dois meses. Recebem 3600 euros para cobrir suas despesas no período. Inscrições vão até 15 de setembro!


Jornalistas latinoamericanos podem se candidatar até 15 de setembro a bolsas para estadia de dois meses como correspondente na Alemanha, oferecida pelo IJP (Programas Internacionais para Jornalistas).

O programa oferece aos bolsistas latino-americanos a experiência de trabalhar em um veículo de comunicação na Alemanha como redatores-visitantes. Alguns dos veículos parceiros na Alemanha são: Deutsche Welle, dpa, EFE, Berliner Zeitung, Der Freitag, Handelsblatt, taz, Tagesspiegel, Süddeutsche Zeitung, Die WELT e ZDF.

O que a Bolsa IJP para jornalistas inclui

A bolsa se inicia em fevereiro de 2019, com um seminário introdutório em Berlim. Na sequência, os participantes são alocados em suas respectivas redações-anfitriãs. Ao final de março, o Instituto Goethe organizará uma viagem de uma semana, com todas as despesas pagas, por duas ou três cidades alemãs.

A bolsa para os participantes latino-americanos consiste em uma quantia de 3.600 euros. Com esse dinheiro, o bolsista deve cobrir todos os seus gastos, incluindo viagem, acomodação e alimentação na Alemanha. O trabalho durante o estágio não será remunerado pelo veículo de comunicação alemão.

Leia também: Quanto custa estudar na Alemanha

Quem pode se inscrever

Podem se candidatar profissionais que tenham entre 25 e 35 anos e bons conhecimentos da língua alemã (em casos excepcionais, fluência em inglês e espanhol podem ser suficientes). Não é exigida uma certificação específica de alemão, inglês ou espanhol, mas é esperado que o candidato comprove a fluência de alguma forma.

Para se candidatar, é preciso trabalhar em tempo integral como jornalista ou colaborador(a) em um veículo de comunicação (jornal, revista, televisão, rádio ou online) ou em uma redação de empresa pública de comunicação. O IJP está aberto também aos jornalistas freelancers, desde que os documentos necessários para a candidatura sejam assinados pelo veículo de comunicação mais importante para o qual o profissional colabora.

Como se candidatar às bolsas

A candidatura de brasileiros(as) deve ser enviada por e-mail para o setor de imprensa da Embaixada da Alemanha em Brasília ou ao Consulado da Alemanha mais próximo do local de residência (São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre ou Recife). Entre os documentos exigidos estão currículo, uma carta de motivação, três cópias de publicações de sua autoria e uma carta de recomendação do redator-chefe do veículo de comunicação em que trabalha.

Sobre o IJP

O IJP (Internationale Journalisten-Programme, Programas Internacionais para Jornalistas) foi fundado em 1981 por jornalistas alemães. Dedica-se a apoiar jornalistas jovens e talentosos, assim como promover o intercâmbio de ideias entre a Alemanha e outros países. É uma organização independente, sem fins lucrativos, cujos membros trabalham de forma voluntária. Atualmente conta com mais de 2500 membros, que já se beneficiaram de seus diferentes programas. A bolsa de intercâmbio entre a Alemanha e a América Latina existe desde 1997.

Confira mais informações sobre a bolsa no site oficial.

 

* Foto: Redação do dpa (Agência de Notícias da Alemanha) / Crédito: Point Park University International Journalism

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d