Um Projeto: Fundação Estudar
Universidade de Westminster

Bolsa integral para mestrado no Reino Unido, na Universidade de Westminster

Por Gustavo Sumares
15.05.2019

A bolsa inclui taxas escolares, passagem aérea, acomodação e uma ajuda de custo para que o bolsista se mantenha no Reino Unido enquanto cursa um mestrado na escola de negócios da universidade. Inscrições até 31/05.


A Universidade de Westminster e a International Students House estão com inscrições abertas para as bolsas de mestrado Tony Shaw. As bolsas contemplarão um candidato com a possibilidade de realizar um programa de mestrado de sua escolha na Universidade de Westminster com todas as despesas pagas. As inscrições para a bolsa de mestrado no Reino Unido vão até o dia 31 de maio!

O candidato escolhido terá isenção das taxas de estudo da universidade. Também receberá acomodação e ajuda de custo para se manter no Reino Unido durante o curso. A bolsa também arcará com as despesas de passagem aérea do bolsista até Londres.

Quem pode se candidatar?

A bolsa de mestrado no Reino Unido é voltada para estudantes de países em desenvolvimento (grupo no qual o Brasil se inclui). O aluno poderá cursar, com ela, um dos programas de mestrado oferecidos pela Westminster Business School. Entre os cursos oferecidos estão opções como “Gestão e Negócios”, “Marketing” e “Gestão de Recursos Humanos”. A lista completa de programas de mestrado oferecidos pela escola pode ser vista neste link.

Leia mais: 5 passos para estudar no Reino Unido

Para poder se candidatar à bolsa, será necessário comprovar “First Class Honors”, um padrão de excelência acadêmica. Isso significa, de acordo com a universidade, mostrar um histórico acadêmico com média superior a 8,5. E os alunos primeiro devem ser aceitos pela Universidade de Westminster no programa de mestrado que desejam cursar.

O processo de candidatura para cada um dos cursos é diferente, e o site da universidade informa as exigências para cada curso. Em comum, no entanto, todos exigem que o candidato tenha realizado a prova do IELTS e obtido pelo menos nota 6. Além do IELTS, os cursos também podem exigir provas internacionais como o GRE.

Como se candidatar

Na hora de realizar a inscrição para a bolsa de mestrado no Reino Unido, a Universidade de Westminster solicita o preenchimento de um formulário padrão, que inclui um personal statement e o plano de carreira do aluno. Para comprovar necessidade financeira, um dos critérios avaliados pela instituição, o aluno deve também descrever sua atual situação e de sua família no formulário. Por exemplo, é possível explicar a condição financeira dos pais do aluno, ou mesmo dizer que o estudante será o primeiro da família a chegar ao ensino superior.

Leia também: Confira 30 bolsas de estudo parciais para estudar no Reino Unido

Esse documento deve ser acompanhado de uma cópia do diploma da graduação (traduzido para o inglês) e de uma carta de recomendação, acadêmica ou profissional. Além disso, é necessário anexar a carta de aceite obtida e o tipo da oferta feita pela Universidade de Westminster (condicional ou incondicional).

Há ainda espaço para um documento opcional, que deve ser escolhido pelo candidato, como um currículo ou outra carta de recomendação. No caso dos alunos estrangeiros, outro requisito do processo tem a ver com a proficiência em língua inglesa, que precisa ser atestada por meio de exames padronizados, como o IELTS.

Todos os documentos devem ser enviados por Correio ao setor de bolsas de estudo da Universidade de Westminster, até 31 de maio.

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d