Um Projeto: Fundação Estudar
Giovana, que quase gabaritou o TOEFL

Esta estudante conquistou 118 dos 120 pontos possíveis do TOEFL. Veja dicas!

Por Nathalia Bustamante

O TOEFL é um dos exames mais procurados por quem quer ter uma experiência internacional. A nota do TOEFL iBT, a modalidade acadêmica do exame, é aceita pela maior parte das instituições de ensino superior dos Estados Unidos e Europa como comprovante de proficiência na língua inglesa.

Há diferentes níveis de exigência de desempenho: cursos curtos em geral pedirão uma nota do TOEFL entre 50 e 80; graduação, a partir de 80 e pós-graduação, acima de 100 – em um total possível de 120 pontos. Quanto mais seletiva a universidade, maiores tendem a ser as notas. A Universidade de Columbia, em Nova York, por exemplo, exige nada menos que 115 pontos de seus candidatos a mestrado.

Mas quem está mirando uma nota destas precisa, além da preparação anterior, também manter a tranquilidade no dia do exame. Esta é uma das dicas da estudante paulista Giovana Rezende Valente, que pretende fazer sua graduação nos Estados Unidos em 2018 e por isso realizou seu TOEFL no início de 2017. “Antes da prova eu usei exercícios de respiração, que diminuem a batida do seu coração e te deixam mais calmo”, relembra ela.

O resultado que ela conquistou surpreendeu até mesmo sua preparadora, Ana Virginia Kesselring, da Virgínia Center School: foram 118 dos 120 pontos possíveis.

“A nota do TOEFL varia de 0 a 120 pontos. No entanto, em mais de 20 anos de experiência preparando alunos para o teste, a pontuação máxima que tinha visto de uma aluna era de 116 pontos”, explica Virgínia. Giovana veio quebrar o recorde.

Quer saber como ela se preparou e quais dicas dá para quem deseja – como ela – quase gabaritar o exame? Então confira o vídeo abaixo!

Estudante conta como (quase) gabaritou o TOEFL:

 


Já publicamos aqui no Estudar Fora diversos materiais sobre como se preparar para exames de proficiência e como conseguir um bom TOEFL Score – incluindo um e-book gratuito que destrincha cada seção e um minicurso com dicas e estratégias de estudos.

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo