Veja os livros recomendados pelos professores da Harvard Business School

livros recomendados

Por Ana Pinho, do Na Prática

Em boa parte do hemisfério norte, como nos EUA, junho marca o fim do ano escolar. Alunos e professores aproveitam então as férias de verão, que só terminam em meados de setembro. Anualmente, a Harvard Business School pergunta a alguns de seus acadêmicos quais livros eles escolheram para relaxar. E como mesmo nas férias Harvard ainda é Harvard, não espere um bestseller qualquer.

O Na Prática traduziu a lista, que está disponível a seguir. Alguns dos títulos citados – dos autores Toni Morrison, Paul Theroux e Amartya Sen – estão disponíveis também em português.

#1 Elizabeth Alexander, Toni Morrison e Peter Frankopan
“The Light of the World: A Memoir”, de Elizabeth Alexander, é a escolha do professor de marketing Rohit Deshpande. “Gosto muito de sua poesia. O livro é uma história de amor sobre sua vida com seu marido, que era um pintor”, escreve ele. 

livros de harvard 1

Em seguida, Deshpande pretende reler “Amada”, inspirado por uma palestra recente da autora Toni Morrison, vencedora do Nobel de Literatura, e terminar com “The Silk Roads: A New History of the World”, de Peter Frankopan, que trata da importância da lendária rota da seda nos dias de hoje.

Leia também: Dez livros que os alundos de Harvard leem sobre liderança

#2 Karl Ove Knausgård, Jon Wertheim & Sam Sommers e Dan Wegner & Kurt Gray
Professor titular de administração de empresas, Michael Norton foi conciso em suas explicações. “São três livros muito diferentes, mas cada um tem insights surpreendentes sobre a psicologia e o comportamento humanos”, diz. As obras são: o quinto volume da série Minha Luta, de Karl Ove Knausgård; This is Your Brain on Sports, de Jon Wertheim e Sam Sommers; e The Mind Club, de Dan Wegner and Kurt Gray.

livros harvard 3

#3 Kim Stanley Robinson e Amartya Sen
Também professor de administração de empresas, Matthew Weinzierl escolheu temas diferenciados. O primeiro é a trilogia “Red Mars/Green Mars/Blue Mars”, de Kim Stanley Robinson. “Para quem está animado com os planos de Elon Musk para a colonização de Marte, são fantasias sofisticadas sobre como isso pode ser a curto e a longo prazo”, diz. Outro autor criativo é Amartya Sen. Seu “A Ideia de Justiça” é descrito por Weinzierl como “uma obra-prima de um das economistas filosóficos mais importantes de todos os tempos”.

livros harvard 5

#4 Parag Khanna e Paul Theroux
John Macomber, professor convidado de administração de empresas, escolheu dois títulos de não-ficção. O primeiro é “Connectography”, de Parag Khanna, um pensador global. “O trabalho desenvolve a premissa de que as conexões físicas, econômicas e culturais entre cidades são mais importantes que as fronteiras nacionais tradicionais – ou as conexões digitais efêmeras”, explica, destacando a apresentação visual de mapas e dados. “Devido ao recente voto do Brexit e às eleições americanas que vem por aí, a ideia que conexões determinam o futuro – e que as fronteiras determinaram o passado – também ajuda a começar uma conversa, pelo menos.”

livros harvard 2

A outra escolha é “O Safári da Estrela Negra”, do escritor de viagens Paul Theroux. Trata-se de sua jornada de Cairo a Cidade do Cabo, feita por terra e por meio de transporte público. “A rota inclui não só Egito como Somália, Sudão do Sul, a República Democrática do Congo e mais. Esse evocativo relato de fato abre os olhos.”

#5 Robert Wachter e Joshua Angrist & Jörn-Steffen Pischke
Ariel Stern, professora de administração de empresas, escolheu “The Digital Doctor: Hope, Hype, and Harm at the Dawn of Medicine’s Computer Age”, de Robert Wachter, que trata da complexidade e do potencial na área de saúde no século 21. Outro título da lista é “Mastering ‘Metrics: The Path from Cause to Effect”, de Joshua Angrist e Jörn-Steffen Pischke.

Este texto foi originalmente publicado no Na Prática, portal de carreira da Fundação Estudar.

Leia também:
8 habilidades que todo jovem de 18 anos deveria ter, segundo ex-reitora de Stanford
Reitora de Harvard dá dicas para quem quer ser aprovado na universidade
Quem estuda em Stanford? Conheça os diferentes perfis dos alunos

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo: