Um projeto: Fundação Estudar

Intercâmbio

O que você precisa saber para ter uma experiência de estudos em outro país

04.12.15

Vancouver reúne educação de excelência e contato com a natureza

Vancouver reúne educação de excelência e contato com a natureza

Cidade canadense é considerada um dos melhores lugares do mundo para viver e estudar. Atrativos do local vão de praia e montanha a boas universidades

Por Vivian Carrer Elias

O Canadá é o destino de intercâmbio mais popular entre brasileiros. Além de ter educação de excelência e alta qualidade de vida, o país conta com uma diversidade geográfica e cultural muito grande. Sendo assim, cada cidade atrai estudantes com perfis diferentes. Por exemplo, aqueles que desejam viver em uma cidade bem estruturada, mas com um ritmo de vida mais tranquilo e maior contato com a natureza, costumam interessar-se mais por Vancouver.

Vancouver está entre as cidades canadenses mais procuradas por estudantes brasileiros. Com cerca de 600.000 habitantes, é significativamente menor do que as também famosas Toronto (2,6 milhões) e Montreal (1,5 milhões). Enquanto essas duas cidades são reconhecidas pela intensa vida corporativa, cultural e noturna, Vancouver é imbatível quando se trata de qualidade de vida: foi considerado o melhor lugar do Canadá – e o 3o melhor do mundo – para se viver pela revista The Economist.

Uma das coisas mais legais de Vancouver é que tanto montanha quanto praia são muito próximas do centro da cidade. Além disso, o choque de mudar-se para lá acaba não sendo tão grande, já que o inverno é menos rigoroso do que em outras partes do país

Atrativos – Uma das principais características de Vancouver é o contato direto com a natureza. A cidade está localizada na costa Oeste do Canadá e possui 22 quilômetros de litoral. Além disso, é cercada por lindas montanhas, onde é possível praticar esportes como o esqui, e ocupada por muitas áreas verdes, entre parques, praças e reservas florestais. Vancouver é também um lugar para respirar ar limpo, já que é a cidade mais sustentável do país, segundo o Green City Index.

“Vancouver associa aspectos de uma cidade de primeiro mundo ao contato com a natureza. As pessoas de lá se preocupam com saúde e bem-estar e gostam de praticar atividades ao ar livre. Ajuda o fato de a cidade ter um dos climas mais amenos do Canadá, com inverno menos rigorosos”, diz Luiza Vianna, gerente de produto da Central de Intercâmbio (CI).

Não é à toa que tantos intercambistas viagem para essa cidade. Vancouver foi eleita um dos 15 melhores lugares do mundo para estudantes pela consultoria QuacquarelliSymonds (QS). A principal universidade da região é a Universidade de British Columbia que está em 34o lugar no ranking das melhores instituições do globo da Times Higher Education. Foi lá onde estudou o atual primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau.

Além de estudantes universitários, Vancouver também atrai muitos alunos que vão fazer intercâmbio de high school no Canadá e pessoas que desejam aprimorar o inglês. Um curso de língua inglesa de 3 semanas na cidade pela CI, com acomodação em casa de família, por exemplo, custa cerca de R$ 4.200.

A estudante de economia Valéria Mendonça, de 25 anos, fez intercâmbio de high school em Vancouver e conta que se apaixonou pela cidade. “É um lugar incrível. A cidade é linda, segura, limpa e tem tudo o que uma metrópole oferece. Senti que as pessoas são bem receptivas e tratam bem o estrangeiro”, diz.

“Uma das coisas mais legais de Vancouver é que tanto montanha quanto praia são muito próximas do centro da cidade. Além disso, o choque de mudar-se para lá acaba não sendo tão grande, já que o inverno é menos rigoroso do que em outras partes do país”, afirma Valéria.

Bolsas e trabalho – Para conhecer as bolsas de estudo oferecidas pelo governo canadense, clique aqui. O Programa Futuros Líderes nas Américas (ELAP), por exemplo, é destinado a universitários que queiram realizar suas pesquisas no país. A bolsa vai de US$ 5.500 a US$ 7.300 e tem duração de 4 a 6 meses.

Além de bolsas de estudo, outra forma de custear parte do intercâmbio é trabalhando no Canadá. O governo autoriza que universitários e alunos de cursos acadêmicos profissionalizantes com duração superior a 6 meses trabalhem até 20 horas por semana. Quem vai para o país estudar idiomas, porém, não pode ter um emprego.

Leia também:
Toronto ou Vancouver? Onde estudar no Canadá
Os prós e os contras de estudar no Canadá
Canadá é o país mais admirado do mundo

Conecte-se ao Estudar Fora

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas