Inicio Universidade de Cambridge homenageia Paulo Freire com escultura inédita

Universidade de Cambridge homenageia Paulo Freire com escultura inédita

0
Universidade de Cambridge homenageia Paulo Freire com escultura inédita

A Faculdade de Educação da Universidade de Cambridge realizou uma homenagem ao educador Paulo Freire no último dia 26 de novembro. Em comemoração ao centenário do brasileiro, uma escultura na biblioteca da instituição. Além de comemorar a data, o objetivo da iniciativa é lembrar do trabalho de Freire para promover a “tolerância e diálogo” em um momento de “guerras culturais”.

A homenagem faz parte de uma série de eventos em Cambridge em comemoração aos 100 anos do nascimento do educador, que aconteceram ao longo do mês. Internacionalmente conhecido, o livro de Freire “Pedagogia do Oprimido” já chegou a ser apontado como a terceira obra acadêmica mais citada no mundo em uma pesquisa realizada em 2016.

Primeiro brasileiro homenageado

A escultura de Paulo Freire integrará um grupo seleto de esculturas que fazem parte do acervo da biblioteca da Faculdade de Educação, sendo a única de um brasileiro. O busto é feito em graute policromado, um tipo de concreto, e pesa cerca de 30 kg.

Leia também: UNESCO alerta que o mundo enfrenta “graves riscos” para a educação global

O modelo de busto utilizado como referência pelo grupo de pesquisadores de Cambridge que promoveram a iniciativa foram as diversas estátuas de Freire instaladas em escolas e assentamentos do Movimento dos Sem Terra (MST), construídas também em comemoração ao centenário.

A ligação entre as esculturas brasileiras e britânica é fruto de um encontro que ocorreu em maio deste ano entre a Cambridge University Brazilian Society e Rosana Fernandes, educadora e coordenadora político-pedagógica da Escola Nacional Florestan Fernandes (ENFF), ligada ao MST.

Faculdade de Educação da Universidade de Cambridge

Homenagem em Columbia

Em setembro deste ano, outra universidade renomada homenageou o autor. Na ocasião, a Universidade de Columbia lançou a Paulo Freire Initiative, um conjunto de palestras, programas, seminários e parcerias com outras instituições de ensino para debater e expandir o pensamento de Paulo Freire em relação à área de educação.

A iniciativa foi realizada pela Teachers College (Faculdade de Educação da Universidade de Columbia), Lemann Center for Brazilian Studies e Institute of Latin American Studies (ILAS), da Universidade de Columbia.

Leia também: Projeto em homenagem a Paulo Freire é lançado na Universidade de Columbia

Sobre Paulo Freire

Paulo Freire nasceu em Recife (PE), em 1921, e se consagrou internacionalmente por desenvolver um modelo de pedagogia baseado na prática dialética dentro da sala de aula. A técnica aproxima o conteúdo apresentado da realidade de vida dos alunos e estimula a capacidade de incorporar o que é aprendido, transformar em ferramenta útil para o dia a dia e desenvolver a consciência política. A pesquisa do brasileiro começou a ser reconhecida internacionalmente durante os anos em que passou exilado na Bolívia e Chile após ser perseguido pela Ditadura Civil-Militar brasileira.

Seu livro de maior destaque, A Pedagogia do Oprimido, é a terceira obra mais citada no mundo em pesquisas acadêmicas de todas as áreas, na frente de outros livros cânones, como A Interpretação dos Sonhos, de Sigmund Freud, e O Capital, de Karl Marx. A obra de Freire foi traduzida para mais de 40 idiomas e recebeu mais de 35 prêmios honorários em universidades de todo o mundo.

 

 

 

 

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo:

Leia