Inicio Seleção de textos para estudar reading

Seleção de textos para estudar reading

0
Seleção de textos para estudar reading

Não importa se você irá prestar o SAT, o ACT, o GMAT ou quaisquer outros testes utilizados no processo de seleção de universidades fora, você precisará ler e compreender textos complexos em inglês. E não adianta apenas entender o conteúdo apresentado, é preciso fazer isso de forma rápida e eficaz.

 

A seção de reading do ACT, por exemplo, apresenta quatro textos e 40 questões e os candidatos têm apenas 35 minutos para respondê-las. Ou seja, todo minuto é precioso. Já no SAT, há três seções de critical reading, que totalizam 1h10 de duração. Ler e compreender textos em inglês não é importante apenas para a seção de reading, mas para a resolução de toda a prova.

Para melhorar sua interpretação de texto, não há segredo: é preciso treinar, treinar e treinar. O site About.com publicou uma série de exercícios para te ajudar nisso, confira:

Textos de não-ficção

Os textos têm entre 500 e 2.000 palavras, abordam temas que vão de alimentação a minimalismo na arte, e vêm acompanhados por cinco questões de múltipla escolha cada. É possível treinar habilidades como encontrar a ideia principal do artigo, identificar o ponto de vista do autor e compreender palavras por meio do contexto em que estão. Clique AQUI e confira.

Textos ficcionais

Para quem prefere ficção, o site traz também uma lista de sete textos (de 800 a 3.000 palavras) de diferentes temas, acompanhados por exercícios. Clique AQUI e veja as opções.

Encontre a ideia principal 

Em algumas provas, há alunos que têm dificuldade em identificar a ideia principal do texto por causa dos “distratores”, que são propositalmente colocados para desviar o foco. Nesta seção, os textos foram divididos por parágrafos e o exercício proposto é encontrar a “main idea” de cada um. Clique AQUI e veja se você consegue.

Leia mais:
Veja as diferenças entre o ACT e o SAT
GMAT x GRE

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo:
Artigo anterior Canadá muda visto para intercambistas
Próximo artigo Agência sorteia curso na Nova Zelândia
Jornalista formada pela Faculdade Cásper Líbero e pós-graduada em Gestão de Negócios pelo Senac-SP. Foi editora do Estudar Fora entre 2014 e 2016. Atualmente, é coordenadora de comunicação no Iede (Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional), que tem como um de seus objetivos ajudar a qualificar o debate educacional no país.

Leia