Um Projeto: Fundação Estudar
Formatura da Wharton School of Business, na UPenn

Série: Entrei no MBA dos meus sonhos! Perfil 1: Empreendedor

Por TOP MBA
13.04.2017

Nesta série, especialistas analisam perfis reais de candidatos aceitos pelas melhores Business Schools, e dão dicas de como valorizar a própria trajetória!


Por Daiana Stolf e Alex Anton

Começamos hoje uma série para mostrar seis perfis interessantes de candidatos que foram aceitos em programas de MBA nas escolas de negócio internacionais de seus sonhos. Nosso objetivo, nesta série, é ilustrar os principais aspectos que as business schools consideram importante ao avaliar a trajetória de cada candidato.

Vale salientar que são apenas exemplos e, apesar de reais, não cobrem a diversidade de candidatos que alcançam sucesso no processo seletivo. Não há um perfil de aluno de MBA “padrão” ou uma receita de bolo a ser seguida para ser aprovado; ao avaliar suas chances em um programa top deve-se considerar o seu perfil específico, salientando pontos fortes, compensando pontos fracos, contando sua história de maneira genuína e impactante e deixando suas ambições de carreira claras e bem fundamentadas.

O primeiro perfil de aluno de MBA é… empreendedor!

Idade: 30 anos

GPA (média global da graduação): 6.7 de 10

GMAT: 740 | TOEFL: 108

Outras línguas: Francês e espanhol intermediários.

Trajetória profissional

– Educação: escola pública durante toda a infância; Engenharia da Computação em faculdade particular do Rio de Janeiro. Trabalhou durante todo o curso de graduação (30-40 horas por semana) para pagar o investimento.

– Estágios (todos na área de Tecnologia da Informação (TI) durante a faculdade, em ordem cronológica):

  1. Consultoria de recursos humanos;
  2. Empresa multinacional de software outsourcing;
  3. Banco de investimento boutique.

– Empresas em que trabalhou antes do MBA: co-fundou sua primeira start-up de tecnologia ainda na graduação, que chegou a contar com quatro funcionários e faturamento médio de R$450.000,00/ano. A empresa atingiu ótimos resultados, com mais de 20 clientes e projetos relacionados à mídia interativa. A expansão do escopo dessa start-up gerou duas spin-offs, ou seja, duas novas empresas atuando em segmentos diferentes a partir da mesma tecnologia. Uma chegou a faturar quase R$1 milhão/ano e a outra, recém-começada na época do application, recebeu financiamento do governo e investimento de “anjos” e já tinha projetos em fase de implementação, com expectativa de impacto tangível (mais de 5,000 estudantes).

Experiência internacional: viagens a passeio; viagem de backpacking pela América do Sul.

Experiência comunitária: professor voluntário em escola pública onde estudou no ensino médio.

Interesses pessoais: esportes radicais, música (formou banda própria aos 14 anos e também virou compositor), curiosidade por diversas áreas. Demonstra autoconhecimento, reconhecendo que aprende através de métodos pouco tradicionais de ensino, o que o motivou a se tornar professor voluntário, ensinando através de metodologia puramente prática, e a inovar na área de educação com uma de suas start-ups – a de maior potencial.

Histórico familiar: pais empreendedores; perfil empreendedor desde muito cedo – aos 18 fundou sua primeira empresa, que durou apenas alguns meses devido à sua inexperiência.

Objetivos no pós-MBA imediato:

Plano A – crescer a empresa.

Plano B – Venture Capital: segmento relacionado ao empreendedorismo, trabalhando com decisão de investimento em empresas pequenas, em estágio inicial mas com alto potencial de crescimento.

Objetivos a longo prazo: Empreender

Justificativa para o MBA: Fortalecer-se academicamente no campo dos negócios, especialmente em Contabilidade e Marketing, já que teve formação em  área não relacionada (engenharia). Interesse específico em atividades ligadas ao empreendedorismo e finanças, atividades extracurriculares voltadas para formação de líderes e Business Plan Competitions, além de vontade de aprender com perfis diversos e culturas diferentes.

Estilo de liderança: inclusivo e multidisciplinar, ilustrado por experiências concretas nas empresas que fundou.

Recomendadores:

  1. Co-fundador de sua empresa; contato pessoal diário;
  2. Um dos investidores da empresa; contato pessoal quinzenal e e-mails frequentes.

 

Como destacar pontos fortes e mitigar pontos fracos

 

  • História familiar e de resiliência forte: origem simples, batalhou para estudar nas melhores instituições de ensino;
  • Perfil criativo, curioso e de interesses diversos, com exemplos concretos de tais características (banda, viagens, etc.);
  • Empreendedor genuíno, demonstrando resultados tangíveis através de projetos e impacto real;
  • Ambições futuras factíveis: o plano pós-MBA é um fator sensível e que deve ser elaborado com cuidado no application. Ele deve fazer sentido com o seu passado e com as habilidades, network e conhecimento que o curso de MBA lhe trará. Um empreendedor deve tomar cuidado, ainda, em mitigar a possibilidade de insucesso (lembra do plano B do nosso candidato?): “caso não atinja resultado X [dados concretos de impacto futuro], minha alternativa é Y [uma possibilidade mais "segura” e previsível de carreira, que, claro, também converse com seu background]”. Nesse caso, é fundamental estudar o career report da escola para se inteirar das empresas que tipicamente recrutam no campus;
  • Excelentes métricas (GMAT e TOEFL);
  • GPA não tão forte, mas justificado pela necessidade de trabalhar para se sustentar e pagar o curso de graduação e compensado pelo GMAT forte;
  • Idade: nosso candidato era mais experiente do que o “aluno típico”, mas a justificativa do MBA no seu momento de carreira e de vida foi convincente a ponto de compensar esta questão.

 

Onde foi aceito?

The Wharton School, University of Pennsylvania

 

Trecho de um de seus essays:

“Since I was a kid, I never settled for the ‘because I say so’ kind of answer. I thank my parents for accepting that and having the patience to explain to me why things worked the way they did. Curiosity always ruled, and I still feel the need to understand what’s under the hood of almost everything I do. I often find myself googling the most unexpected things like the physics behind a table tennis serve or why parrots repeat some of the things they hear but not others. Going through my browser’s search history is one absurd ride. This thirst for learning is one of the reasons I recognize innovation as a big part of me: I believe we can only innovate to the outside world if we constantly innovate ourselves, our thoughts and preconceptions, and this is what I have been trying to do all my life.”

 

No próximo mês traremos o perfil de consultor de estratégia. Não perca!

 

 

Sobre os Autores

Daiana Stolf é cientista por formação e escritora e coach por paixão. De mestre pela Universidade de Toronto (Canadá) a aluna de Gestão Estratégica na Universidade de Harvard (EUA), passando por cientista-doutoranda da EPFL (Suíça), em 2011 descobriu o prazer de guiar brasileiros curiosos e determinados a expandir seus horizontes através de cursos de pós-graduação nas melhores universidades do mundo. Ela é co-fundadora da TopMBA Coaching.

Alex Anton é MBA pela Harvard Business School e adora ajudar outros brasucas a realizarem o sonho de estudar nas melhores escolas do mundo. Apaixonado por viajar e por conhecer o mundo, já morou e trabalhou no Canadá, Alemanha, Suíça, Indonésia, Estados Unidos e China. É co-fundador da TopMBA Coaching e entusiasta da meditação, fotografia e corrida.

 

 

Leia também:
O que é melhor: MBA de um ou dois anos de duração?
Como escolher o programa de MBA ideal para você
Instituto Ling abre inscrições para bolsas de mestrado no exterior

 

 

,

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d