Um projeto: Fundação Estudar

Pós Graduação

O que você precisa saber para cursar uma pós-graduação fora do Brasil

03.08.16

Meu mestrado fora: 5 razões por que escolhi a Nova Zelândia

mestrado fora

Ex-aluno da UnB conta nesta websérie como e por que foi para o outro lado do mundo estudar sustentabilidade. Confira!

Ao escolher o destino da sua pós-graduação, Tarcísio Pinhate procurava por um país de língua inglesa, que reunisse bons programas na sua área de interesse e lhe garantisse uma boa qualidade de vida. Ainda enquanto estudava Relações Internacionais na UnB, ele sabia que queria se especializar em sustentabilidade; reunindo estas características, a Nova Zelândia lhe apareceu como um país perfeito para fazer um mestrado fora.

“A Nova Zelândia é um país verde, e esta é uma imagem que me atraiu bastante”, explica. Soma-se a isso o fato de ser um país próspero, com um ambiente multicultural e uma localização privilegiada. “Achei que estar tão longe de casa seria uma experiência interessante”, observa.

A cereja do bolo para a decisão foram as bolsas oferecidas pelo governo. Aceito pela Universidade de Auckland – que está entre as 100 melhores do mundo – Tarcísio conquistou também a New Zealand Development Scholarship. Assim, ele não apenas é isento de pagar anuidades do programa como também recebe um valor mensal para se manter no país.

Nesta websérie de quatro capítulos, conversamos com Tarcísio sobre a sua decisão, o processo de candidatura para bolsas e como é ser um estudante internacional na terra dos kiwis. Confira detalhes sobre a sua preparação e as dicas que dá para quem deseja seguir o mesmo caminho.

 

Leia também:
Brasileira conta por que abandonou tudo para ir estudar na Nova Zelândia
“A educação brasileira é mais que suficiente”, diz bolsista de PhD na Nova Zelândia
Quer estudar na Austrália? Conheça as duas melhores universidades do país

Conecte-se ao Estudar Fora

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas