Um Projeto: Fundação Estudar
OneBeat

Programa de intercâmbio musical com turnê pelos EUA e despesas pagas

Por Marcela Marcos
04.12.2018

A iniciativa (OneBeat) está recrutando entusiastas de diversos gêneros musicais, para vivência intercultural com despesas pagas. Inscrições até 21/12!


O OneBeat é um programa anual que tem como objetivo promover um intercâmbio musical entre 25 músicos de várias partes do mundo, que farão uma turnê pelos Estados Unidos em projetos colaborativos. Em seu oitavo ano, a iniciativa é apoiada pelo Escritório de Assuntos Educacionais e Culturais do Departamento de Estado Norte-Americano. As inscrições para a edição de 2019 estão abertas até 21 de dezembro.

Não é preciso ter formação tradicional em música para se inscrever ao programa, sendo que os músicos selecionados terão todas as despesas com transporte, alimentação e hospedagem cobertas pelo programa, além de uma bolsa de estudos com valor ainda não divulgado.

Objetivos do programa de intercâmbio musical

O OneBeat é essencialmente colaborativo. Isso quer dizer que os músicos – amadores e profissionais – precisarão se engajar em novos projetos em grupo, capazes de explorar novas tradições musicais. A ideia, portanto, não é mostrar o talento “solo”, mas trabalhar em conjunto por meio de divisões de musical.

De acordo com o próprio site da iniciativa, o OneBeat está “à procura de músicos que tenham um forte compromisso com suas comunidades e que busquem novas formas de se engajar no desenvolvimento da juventude, educação musical, musicoterapia, e resolução de conflitos”, promovendo, com isso, “um diálogo global por meio da música” em prol de uma sociedade mais igualitária.

Leia também:

Brasileira conta como é estudar Artes no Canadá, na graduação
Estudar na Juilliard: como é ser aluno do melhor conservatório do mundo

Quem pode se inscrever para participar do OneBeat 

Os candidatos à edição de 2019 do programa de intercâmbio musical nos EUA devem ter fluência em inglês e idade entre 19 e 35 anos durante o período em que o OneBeat vai ocorrer (no outono, com datas a serem definidas).

Músicos de todas as origens são encorajados a se inscrever, com ou sem treinamento musical formal. No entanto, há uma lista de países elegíveis (entre os quais está o Brasil), de vários continentes. Também podem se inscrever instrumentistas, compositores, contadores de história, educadores, dançarinos, manipuladores de sombra e até videomakers.

Com relação ao gênero musical, também vale tudo: folk, hip hop, experimental, música eletrônica, jazz, música clássica, beat-making e até mesmo uma combinação desses estilos – embora esses sejam apenas alguns dos mencionados pelo programa, que não tem limitação de gênero. Veja mais informações sobre o OneBeat na página do programa.

Benefícios e Candidatura

O programa OneBeat abrange todas as despesas com transporte (incluindo passagem aérea) dos participantes, além dos gastos com alimentação e acomodação, além de uma “bolsa modesta” cujo valor não foi divulgado. Outros benefícios incluem estabelecer parcerias musicais, aprender novas habilidades, visitar os Estados Unidos e desenvolver conexões profissionais.

A inscrição é feita pelo site, mediante envio de 3 a 5 exemplos de solo e trabalho colaborativo musical (tanto áudio quanto vídeo são aceitos). O resultado será divulgado em março.

 

Na foto: participantes de 2018 do OneBeat se apresentam no Bronx, Nova York. / Crédito: Divulgação

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d