Um projeto: Fundação Estudar

Graduação

O que você precisa saber para cursar uma graduação fora do Brasil

28.03.16

Estudar em uma cidade universitária: brasileiro fala sobre a experiência

Cidade Pequena

Apesar de adorar grandes metrópoles, o brasileiro Pedro Girardi optou por estudar em Northfield, uma cidade pequena no interior dos EUA. Confira por quê!

Por Pedro Girardi

Quando conto que estudo em um liberal arts college, a primeira reação de muitas pessoas é perguntar como sobrevivo morando em uma cidade pequena. Eu mesmo (fã assumido de NY e São Paulo), quando comecei a fazer minha college list, tive essa dúvida. Minha lista estava cheia de “NYUs e Northeasterns”: eu queria ir para as grandes metrópoles.

Porém, conversando com o meu mentor do Personal Prep Scholars, Pedro Mendonça, comecei a entender as vantagens de estudar em uma cidade menor. Pedro (ele, não eu) se graduou em Yale, que fica na pequena New Haven, Connecticut, e amou a experiência. Ele me falou que eu já não teria tempo para passear na cidade (absolutamente verdade) e, por isso, uma cidade pequena poderia trazer muita praticidade para a rotina sem prejuízos para o meu lazer. Eu acabei reformulando minha lista, procurando por universidades em cidades pequenas mas próximas de centros urbanos. Northfield era o fit perfeito: um local tranquilo e charmoso a menos de uma hora de Minneapolis (3,5 milhões de habitantes na região metropolitana).

 

O primeiro ponto positivo de Northfield é a praticidade. Uma pedalada de 5 minutos me leva ao centro da cidade, outro lado do campus, supermercado, farmácia, cabeleireiro, banco, restaurantes e parques públicos. Por outro lado, a “calmaria” faz com que a vida em Carleton fique muito tranquila: não me preocupo com transporte para as aulas ou com segurança. Saio à noite para estudar, comprar bagels ou ver filmes (no cinema dentro de Carleton!) sem me preocupar com roubos ou assaltos.

A localização fica ainda mais interessante quando considero que Minneapolis está a 45 minutos. Trimestre passado, Carleton me levou duas vezes até lá (fui no Minneapolis Farmers’ Market e a um museu). Isso é incrível para pessoas como eu, que adoram a “muvuca” de centros de cidade e rotina apressada. Em suma, minha vida aqui é sem preocupações e tranquila, mas eu posso ir para uma metrópole quando quiser.

Outra coisa sensacional em Minnesota são as pessoas: aqui todo mundo é simpático, dá “bom dia” e conversa na fila do supermercado. Isso pode parecer banal para brasileiros, que estão acostumados com pessoas bem humoradas e extrovertidas. Porém, lugares como Nova Iorque são conhecidos por terem pessoas rudes e fechadas. Consequentemente, eu me sinto muito mais “em casa” aqui em Minnesota do que em lugares como NY.

Enfim, por mais que eu goste de morar aqui em Northfield, eu sei que college towns não são para todos: muitos amigos meus não gostariam de morar em um lugar que faz -30 graus e não tem a correria da cidade grande. O que me deixa satisfeito com a experiência aqui é que, por mais que eu goste da vida em metrópoles, eu sei que essa é a única oportunidade para aproveitar a legítima college experience.

 

*Foto: Parque Público em Northfield / Crédito: Pedro Girardi

 


 

Sobre o autor

Pedro Girardi é aluno de graduação do Carleton College, nos Estados Unidos, onde pretende se formar economia e política. Durante o ensino médio, envolveu-se em diversos projetos nessas áreas, sendo seu preferido a participação em Simulações das Nações Unidas. Por meio de atividades extracurriculares, descobriu que adora lidar com pessoas e ajudá-las a desenvolver suas habilidades. Quer ser professor e pesquisador.

 

Leia também:
Saiba o que a Universidade Yale oferece aos estudantes
Graduação em um Liberal Arts College: ‘A 1ª disciplina que vou cursar é teatro’
Saiba como é estudar em um Liberal Arts College dos EUA

Conecte-se ao Estudar Fora

http://promo.estudarfora.org.br/07de78d376d72cb1d7d3

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas