Um Projeto: Fundação Estudar

Como (e por que) estudar Direito no exterior

Por Nathalia Bustamante

Países diferentes possuem leis (e até sistemas jurídicos) diferentes. Por isso, pode soar estranha a ideia de estudar Direito fora do Brasil. Mas para muitas trajetórias de carreira jurídica – como empresarial, público e até tributário – realizar um período de estudos no exterior é não apenas recomendável como essencial.

É cada dia maior o consenso de que uma formação internacionalizada beneficia advogados e juristas, e, para isso, há diversos tipos de formação disponíveis. A primeira opção é complementar a formação através de cursos de curta duração ou a possibilidade de realizar um intercâmbio acadêmico durante a graduação no Brasil.

Há também a possibilidade de realizar a graduação em Direito em universidades de fora. Na maior parte dos países, um diploma em Direito tem a forma de um Bacharelado, que permite ao estudante, após a conclusão do curso, realizar o “Exame da Ordem” para se tornar um advogado no país em questão. Nestes casos, o estudante formado fora que queira atuar como advogado ou jurista no Brasil também terá que passar pelo exame da OAB.

Já nos Estados Unidos e Japão, a formação em direito é o Juris Doctor (JD) – também oferecido no Canadá, Austrália e Hong Kong. Nestes países, os estudos de direito são uma pós-graduação que pode ser realizada depois que o estudante concluiu o seu bacharelado em outra disciplina, geralmente na área de humanas.

Em ambos os casos, há também a opção de realizar um LL.M., ou Mestrado em Direito, em uma área de especialização. Este mestrado, muito comum em universidades dos Estados Unidos e da Europa, pode ser feito por profissionais que tenham concluído uma graduação em direito ou em áreas relacionadas e estejam buscando uma especialização internacional.

 

Onde estudar Direito fora do Brasil?

De acordo com o QS World Ranking de 2017, as melhores Law Schools do mundo são:

#1 Harvard University
#2 University of Oxford 
#3 University of Cambridge 
#4 Yale University
#5 Stanford University

Embora sejam todas muito bem avaliadas, a formação oferecida por cada uma delas é bastante diferente. Por isso, a escolha da melhor escola para estudar Direito fora do Brasil deve levar em conta os diferentes perfis de universidades e quais são as intenções do estudante ao realizar o curso.

Baixe o e-book: Tudo sobre estudar Direito no Exterior

Neste e-book produzido exclusivamente pelo Estudar Fora, você vai encontrar explicações sobre como estudar “Law” no exterior e quais são as melhores universidades para cada área. Além disso, conheça os bastidores da formação em vários segmentos jurídicos em instituições de renome – como Harvard, Yale e Cambridge.

Por fim, conheça também histórias de brasileiros que passaram por uma formação no exterior, seja na graduação ou no LL.M., e com isso, ganharam destaque suas carreiras – como por exemplo a brasileira eleita a melhor advogada do mundo no Direito Concorrencial.

Botão "Baixe o E-Book"

 

 

QUER TRABALHAR NA ÁREA JURÍDICA?
Inscreva-se em nossa Conferência de Carreiras Gratuita até 3/9!

Evento realizado em São Paulo no dia 31 de outubro contará com grandes escritórios e organizações de vários setores da carreira jurídica em busca de novos talentos para seus times. Saiba tudo sobre mercado de capitais, M&A, reestruturação, insolvência, concorrencial, contencioso, tributário e jurídico de empresas e converse pessoalmente com as melhores empresas do ramo. As vagas são limitadas e as inscrições encerram no dia 03 de setembro. Garanta a sua inscrição agora mesmo!

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo