Inicio Nottingham University: conheça a universidade que está entre as melhores do Reino Unido

Nottingham University: conheça a universidade que está entre as melhores do Reino Unido

0
Nottingham University: conheça a universidade que está entre as melhores do Reino Unido
Universidade de Nottingham, na Inglaterra

Com uma ampla comunidade internacional, a Universidade de Nottingham, que fica na cidade homônima da Inglaterra, tem sua origem em 1881, embora tenha sido autorizada a conceder diplomas em seu nome no ano de 1948.

Posicionada entre as 100 melhores instituições de ensino superior do mundo, caracteriza-se por pesquisas notáveis para a humanidade, sobretudo em Ciências (Sociais e da Saúde). É de lá o “pai” da tecnologia para ressonância magnética, Sir Peter Mansfield, vencedor do Prêmio Nobel em 1970, assim como Kevin Brian Bales, professor de escravidão contemporânea que é referência mundial em estudos do assunto. 

Por falar em pesquisa, aliás, a Universidade não poderia estar melhor alinhada aos tempos atuais, já que é uma das instituições responsáveis por investigações de impacto global sobre o covid-19 a partir da Escola de Ciências da Vida, dirigida por Kelvin Ball, renomado professor de virologia molecular cujas contribuições têm permitido avanços no que se refere ao coronavírus. Saiba mais!

Histórico da Universidade de Nottingham

Em 1881 foi inaugurada a primeira faculdade cívica de Nottingham, mudando-se para o University Park Campus em 1928, superando seu edifício original após a Primeira Guerra Mundial e atraindo, desde cedo, professores visitantes de alto nível, como Albert Einstein, Mahatma Gandhi e H G Wells.

Em 1970 foi fundada a primeira Escola de Medicina do Reino Unido no século 20 e, em 1995, a Escola de Enfermagem. Em 2003, um novo campus foi inaugurado no Royal Derby Hospital, que se destacou pelas características ecológicas. Todos os demais (King’s Meadow Campus, em Nottingham, e também os dois internacionais, na Malásia e na China) foram também abertos na primeira década dos anos 2.000.

Universidade de Nottingham em números

Com uma comunidade de mais de 40 mil alunos de mais de 150 países, a instituição é verdadeiramente global, contendo, ainda, uma União de Estudantes com mais de duzentas sociedades estudantis. 

Nottingham integra o prestigiado Russell Group, formado por 24 das mais importantes universidades do Reino Unido e está classificada em 84º lugar no QS World University Ranking 2018, tendo como carros-chefes os cursos de Farmácia e Farmacologia (6º no QS World University Rankings por assunto), Educação e treinamento (22º), Ciências veterinárias (29º), Geografia (46º) e, ainda, Língua e literatura inglesas (49º).

A instituição figura, ainda, entre as 20 melhores universidades do Reino Unido no The Complete University Guide 2021 e entre as 30 melhores no The Times e The Sunday Times Good University Guide 2021 – este último guia a nomeou a Universidade de Esportes do ano.

Cursos oferecidos

Os cursos disponíveis na Universidade de Nottingham – que vão da graduação ao doutorado – estão distribuídos por quatro grandes áreas, que são Artes, Engenharia, Medicina e Ciências da Saúde e, ainda, Ciências Sociais. 

Há, ainda, duas opções de cursos de fundação para alunos estrangeiros, em Engenharia e em Ciências.

Comunidade brasileira na Universidade de Nottingham

A comunidade estudantil brasileira e latino-americana é vibrante, sendo contemplada até mesmo com uma sociedade de dança latina, dança de salão e salsa nos campi do Reino Unido. Os estudantes brasileiros têm constantes oportunidades de intercâmbio com mais de duzentas universidades parceiras de todo o mundo, além de um suporte de carreira (incluindo estágio e possibilidades de trabalho em meio período).

A culinária sul-americana também está amplamente disponível em Nottingham, inclusive para vegetarianos e veganos.

Intercâmbio no Reino Unido: tudo sobre o destino com as escolas mais tradicionais do mundo!

O que os estudantes brasileiros devem ter para ingressar

Os candidatos brasileiros devem concluir um curso básico para ingressar em algum dos programas de graduação disponíveis. Para quem já cursou um ano em uma universidade reconhecida, em geral é necessário ter notas a partir de 7,0 ou 8, mas os requisitos podem variar dependendo da área de interesse. No caso de quem não cumpre este pré-requisito, normalmente é necessário que se tenha no mínimo 30 pontos no IB (International Baccalaureate), o Diploma de Bacharelado Internacional.

Os estudantes interessados nos programas de mestrado possuir diploma de bacharelado em uma universidade reconhecida, geralmente em uma área de assunto relevante. Com relação aos requisitos de admissão em termos de nota, a maioria dos cursos exige um GPA a partir de 7,5.

Já os candidatos a doutorado devem ter título de mestre em instituição reconhecida, sendo que os requisitos mínimos exigidos variam conforme a área escolhida do PhD. A orientação é que eles procurem possíveis orientadores em Nottingham antes de encaminhar o projeto de pesquisa que deve ser enviado junto à inscrição.

Requisitos de idioma

As possibilidades de testes acadêmicos de proficiência são vastas para a comunidade internacional em Nottingham, a exemplo do IELTS, TOEFL e Pearson Language Tests.  

No caso do IELTS, a nota mínima exigida costuma ser 6 (e não menos de 5.5 em nenhuma seção).

Há, ainda, a possibilidade de fazer um curso de inglês no CELE (Centro de Ensino de Língua Inglesa) para preparar os futuros ingressantes para cumprir os requisitos do idioma.

Leia também: Diretora do IELTS no Brasil dá dicas para ir bem na prova

Possibilidades de bolsa na Universidade de Nottingham

Além das opções de auxílio financeiro para estudantes internacionais oferecidas pelos próprios departamentos, há outros modelos de bolsa de estudos para brasileiros, como os Prêmios de Excelência em Graduação e Pós-Graduação das Américas (modalidade que cobre despesas do primeiro ano da graduação ou do mestrado), o conhecido programa Chevening para instituições do Reino Unido e, ainda, as bolsas de excelência esportiva para competidores internacionais. 

Saiba mais sobre cada modalidade clicando aqui.

 

 

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo:

Leia