Um Projeto: Fundação Estudar
bolsas de mestrado do governo do Japão

Inscrições abertas para bolsas de mestrado do governo do Japão, em parceria com Banco Mundial

Por Priscila Bellini

Estão abertas até 12 de abril as inscrições para bolsas de mestrado do governo do Japão, em parceria com o Banco Mundial. Todos os anos, o convênio seleciona estudantes do mundo todo que tenham interesse em áreas ligadas a desenvolvimento e queiram estudar nos programas parceiros.

O programa divide-se em duas frentes. A primeira refere-se aos “programas de mestrado preferenciais”, que ultrapassam 200, e acontecem em universidades variadas, como a Universidade Cornell, nos Estados Unidos, e a Universidade Meiji, no Japão. Já o segundo tipo de bolsa é voltada aos 14 programas parceiros estabelecidos pelo convênio, que incluem o MPA em Harvard e o MPP na Universidade de Tóquio.

Como se candidatar 

As bolsas de mestrado do governo do Japão têm alguns pré-requisitos: é necessário ter diploma de graduação, três anos de experiência profissional em áreas ligadas a desenvolvimento (depois de formado) e estar empregado na área, no momento da candidatura.

Para concorrer ao apoio financeiro, há duas formas de application. A primeira delas é voltada aos programas de mestrado preferenciais, estabelecidos pelas bolsas de mestrado do governo do Japão. Nesse caso, o estudante deve se candidatar ao programa de sua escolha e enviar sua inscrição para a bolsa separadamente. Nessa application, devem ser enviados documentos como cartas de recomendação e um formulário padrão, que inclui dados pessoais e currículo.

Leia também: Tudo que você precisa saber para conseguir uma bolsa de estudos

Já no caso dos programas parceiros, a universidade responsável pelo mestrado faz uma lista de candidatos em potencial para a iniciativa do Banco Mundial e encaminha as informações aos avaliadores do programa.

Quais são os benefícios 

Os estudantes selecionados recebem apoio financeiro generoso, que inclui passagens aéreas, seguro-saúde, tuition e auxílio financeiro mensal, para arcar com a manutenção do aluno no país de destino. Para saber detalhes do processo de seleção, basta acessar o site oficial do Banco Mundial.

Leia também: Conheça as melhores universidades da Ásia

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d