Um Projeto: Fundação Estudar
Instituto Reuters na Universidade de Oxford

Concorra a bolsas para jornalistas no Instituto Reuters, em Oxford

Por Priscila Bellini

Estão abertas até dia 29 de junho as inscrições para a fellowship do Instituto Reuters, na Universidade de Oxford. A instituição britânica seleciona jornalistas experientes para desenvolver pesquisa sobre mídia, em um ambiente acadêmico internacional.

O participante pode escolher quanto tempo passará no Reino Unido. É possível optar por períodos de três, seis e nove meses ao longo do ano letivo, que vai de outubro de 2018 a junho de 2019.

No caso dos brasileiros, as inscrições devem ser feitas para a Anglo American Journalist Fellowship, do Instituto Reuters. Por isso, os interesses de pesquisa do profissional de mídia devem estar alinhados à proposta da fellowship – voltada a transparência, responsabilização e sustentabilidade.

Há, ainda, quatro áreas prioritárias do programa: jornalismo e democracia, negócios jornalísticos, prática jornalística e media policy.

Como funciona a fellowship do Instituto Reuters

Os 25 profissionais selecionados participam de seminários e visitam organizações e empresas de mídia no Reino Unido (como Oxfam, BBC e The Guardian). Para conduzir sua própria pesquisa, contam com um supervisor vinculado à universidade.

Além disso, os escolhidos para a bolsa têm acesso a uma rede de jornalistas internacionais que já participaram do programa.  Durante todo o período da fellowship, como benefício, há apoio financeiro para manutenção no país. Também estão cobertos gastos com passagens aéreas.

Como se inscrever

Antes de submeter a application, é necessário checar os pré-requisitos. Por exemplo, ter um mínimo de cinco anos de experiência da área, seja vinculado a uma empresa específica ou como freelancer. Além disso, os participantes devem ter bom nível de proficiência em inglês, comprovado por meio de exames padronizados (como TOEFL e IELTS).

Depois, é possível reunir os materiais exigidos na candidatura. Entre eles, estão currículo em inglês, personal statement e uma proposta de pesquisa (com, no máximo, mil palavras). É necessário, ainda, enviar duas cartas de referência e exemplos de trabalhos anteriores.

Já com os documentos em mãos, é possível anexá-los ao formulário padrão de inscrição do Instituto Reuters.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d