Governo oferece bolsas de estudo para graduação na Coreia do Sul

graduação na Coreia do Sul

O Governo da República da Coreia, por meio de sua Embaixada em Brasília, está com inscrições abertas para a edição 2019 do Programa de Bolsa de Estudos para Alunos de Graduação na Coreia. Este ano, o governo sul-coreano está disponibilizando quatro vagas para brasileiros, sendo que uma delas será concedida a descendentes (mas que não tenham nacionalidade coreana). Mas atenção: as inscrições podem ser feitas apenas até 4 de outubro.

A bolsa é relativa a um período de quatro anos e pode ser utilizada para cursos de graduação em qualquer uma das universidades do país. Confira aqui a lista de instituições e programas disponíveis. Alguns cursos, porém, não são elegíveis, como medicina, odontologia, farmácia e arquitetura, pois duram mais do que quatro anos.

Os selecionados farão um ano de curso de coreano em uma instituição designada pelo National Institute for International Education (NIIED). Atingindo o nível de proficiência em coreano, o nível 3 do TOPIK, poderão iniciar suas aulas na universidade escolhida.

A bolsa inclui passagens aéreas, um auxílio financeiro de 200 mil wons (cerca de R$ 680) para instalação no país, um valor mensal de 900 mil wons (R$ 3.100) para moradia e alimentação, seguro-saúde, além dos custos totais da anuidade da instituição e possíveis prêmios em reconhecimento por bom desempenho no exame de proficiência.

Como se candidatar às bolsas da embaixada para Graduação na Coreia

Entre os pré-requisitos estão: ser brasileiro, ter até 25 anos, ter concluído o Ensino Médio até março de 2020 e possuir desempenho escolar mínimo de 80%. Também é necessário comprovar proficiência em inglês, por testes como o TOEFL. Para os descendentes que desejem aplicar para a bolsa, também é exigida a comprovação da descendência.

A candidatura envolve o envio de um formulário de candidatura, uma redação, duas cartas de recomendação e atestado médico. Todos os documentos devem ser enviados por correio até a embaixada da Coreia do Sul no Brasil, no seguinte endereço:

A/C Departamento de Cultura e Educação
Embaixada da República da Coreia na República Federativa do Brasil
Setor de Embaixadas Norte (SEN) Lote 14 – Asa Norte, Brasilia-DF, Brasil CEP : 70800-915

As candidaturas serão analisadas pela Embaixada Brasileira e enviadas para as universidades indicadas pelos candidatos. Veja mais detalhes sobre como se candidatar no site oficial da Embaixada da Coréia no Brasil.

Leia também: Já pensou em estudar na Ásia? Descubra a região neste e-book!

Bolsas do NIIED para graduação na Coreia

Além do sistema da embaixada, há outro caminho para obter bolsas de graduação na Coreia, em áreas de Engenharia e Ciências da Natureza. Nesse caso, a candidatura é feita pela universidade coreana de interesse, responsável por indicar o estudante ao apoio financeiro do NIIED. Vale frisar que, para quem escolha o caminho pela embaixada, não se pode fazer a inscrição direta na universidade.

O pacote de benefícios inclui passagens aéreas, auxílio para moradia, anuidade da universidade de destino e seguro-saúde. Além disso, um valor mensal para manutenção no país. Há, ainda, um ano de aulas de coreano, anterior aos quatro anos de faculdade.

Como se inscrever nas bolsas do NIIED

Os formulários para inscrição estão disponíveis no site Study in Korea. Entre os itens requisitados, estão cartas de recomendação, personal statement e um application form. É, também, necessário fornecer um histórico escolar, bem como do diploma do Ensino Médio.

Os prazos variam de acordo com a universidade participante, sendo que os candidatos são repassados ao NIIED entre outubro e novembro. Informações sobre o processo de seleção e sobre o programa estão disponíveis no Study in Korea.

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo: