Um Projeto: Fundação Estudar
Daniela Lemes, responsável pelo programa de autoconhecimento da Fundação Estudar

Veja cinco vídeos rápidos para guiar seu processo de autoconhecimento

Por Nathalia Bustamante
18.12.2016

Série produzida pelo portal Na Prática, em parceria com a Exame.com, ajuda a guiar a reflexão de maneira prática e últil - para escolhas profissionais e pessoais!


Tomar decisões melhores. Seja no trabalho, nos estudos ou na vida pessoal, conhecer a si mesmo é essencial para entender suas prioridades,  desejos e limites e, assim, fazer escolhas mais conscientes. É muito comum que, no dia a dia, a gente acabe sendo engolido pelo cotidiano. Quando a gente entra no piloto automático, acabamos não pensando nas nossas atitudes. Ou seja, as nossas características boas e ruins acabam ficando por ali, acomodadas”, explica Daniela Lemes, responsável pelo programa de autoconhecimento da Fundação Estudar, o Catálise.

No piloto automático, grandes escolhas da vida podem ser tomadas de forma superficial: para qual universidade ir, apenas com base em um ranking ou na distância de casa; qual curso fazer, baseado em decisões familiares; qual emprego aceitar, levando em conta apenas o retorno financeiro. E isso é um tiro no pé para a própria satisfação, no longo prazo.

O Estudar Fora já trouxe diversas matérias abordando a importância do autoconhecimento no processo de candidatura: seja para contar bem a sua própria história ou para entender quais atividades extracurriculares fazem mais sentido para o seu perfil. Agora, trazemos esta série de vídeos – produzida pelo portal Na Prática em parceria com a Exame.com – para ajudá-lo neste processo de reflexão.

São cinco etapas simples – um passo a passo para imergir em seus pontos fortes e fracos, na primeira impressão que está deixando e na melhor forma de contar a sua história. “Eu sei que muita gente prefere falar até de física quântica do que falar de si mesmo – mas isso é normal, porque somos muito complexos”, diz Daniela.

Prontos para começar? Então dê o play nos vídeos abaixo:

Fase 1: Quem sou eu? Contando sua história

 

 

Fase 2: O que te faz feliz? Fazendo escolhas conscientes

 

Fase 3: Buscando Feedbacks – aprendendo a ouvir


Fase 4: Qual é a minha história? – aprendendo a contar

 

Fase 5: Que marca estamos deixando? – refletindo sobre o legado

 

 

Leia também:
Quer estudar no exterior? Invista em autoconhecimento!
O que fazer depois de não ser aceito para a universidade dos sonhos
“Talvez a Ivy League não seja para você”, diz especialista

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d