Um Projeto: Fundação Estudar
saiba quanto custa estudar em Portugal

Quanto custa estudar em Portugal? Saiba como é o custo de vida no país

Por Priscila Bellini
18.05.2018

Antes de fazer as malas para outro país, é sempre necessário traçar um planejamento financeiro. Qual o valor das "propinas" (ou anuidades) cobradas pelas universidades? E o custo de vida de um estudante? Descubra nesta websérie!


Um bom planejamento financeiro pode ajudar quem deseja estudar no exterior, mas tem receio dos gastos. Afinal, não é apenas necessário saber como é a cultura do país e o clima, além das universidades disponíveis, mas também ter uma noção de custo de vida na região escolhida. Se a ideia é desembarcar em terras portuguesas, então, faz parte do planejamento saber quanto custa estudar Portugal.

Queridinho dos brasileiros, tanto pela localização quanto pelo idioma falado no país, Portugal destaca-se também como opção acessível na União Europeia. Um dos pontos analisados, logo de cara, tem a ver com os valores para, de fato, começar um curso por lá – seja de graduação, mestrado ou doutorado. As “propinas”, anuidade cobrada por universidades públicas e privadas, costuma ser mais baixa do que os valores em instituições americanas e de diversos países europeus.

Para situar melhor os valores e dar uma ideia mais detalhada de como se planejar para passar um período no país, confira o vídeo do Estudar Fora em parceria com o Guia do Estudante sobre quanto custa estudar em Portugal.

Quanto custa estudar em Portugal?

 

 

Não bastassem os valores reduzidos, há bolsas de estudo disponíveis para estrangeiros. O Instituto Politécnico de Leiria, por exemplo, disponibiliza anualmente bolsas parciais que abatem 50% dos custos. Há ainda opções de intercâmbio acadêmico, firmado junto às universidades brasileiras, que aliviam os gastos com as “propinas” e oferecem apoio financeiro para manutenção no país.

Outro custo importante a ter em mente, para descobrir quanto custa estudar em Portugal, é o de moradia. Afinal, em geral os gastos com aluguel ocupam parte considerável do orçamento dos estudantes. Os valores mudam bastante de cidade para cidade e há, em geral, duas opções principais: a primeira é morar na residência disponibilizada pela universidade e a segunda, alugar um quarto em um apartamento.

A partir daí, é possível iniciar sua organização financeira e fazer os cálculos para realizar o sonho de estudar por lá.

 

Quer ver outros episódios da nossa websérie sobre custos de vida nos países? Acompanhe no canal do YouTube do Estudar Fora!

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d