O que está sob seu controle no processo de aplicação para MBAs no exterior?

entrevista de aplicação para MBAs no exterior

Em coaching, frequentemente usamos o princípio do “um terço”. Um terço da nossa vida pode ser atribuída ao ambiente: são forças externas como imprevistos, clima, “universo”, etc. Forças que não controlamos de nenhuma maneira. Um terço é influenciado pelos outros: amigos, família, clientes, etc., sobre quem temos pouco ou nenhum poder. E um terço é de sua responsabilidade: o que nos cabe fazer, produzir, como reagir diante de qualquer situação, boa ou ruim. Extrapolando essa regra para o processo de aplicação para MBAs no exterior, podemos contextualizar da seguinte maneira:

Um terço do ambiente: corresponde a quem lerá seu application, o momento em que fará isso, etc. Querendo ou não, há um elemento de subjetividade e também de humanidade aí – o membro do comitê pode estar em um dia ruim, de mau humor… As escolas tentam minimizar tais variáveis, e cada application passa na mão de pelo menos duas pessoas antes de chegar no “juiz” final. Ainda assim, não há como negar esse fator, sobre o qual você não tem o mínimo domínio.

Leia também: Dicas práticas para estruturar seu CV para um application de MBA no exterior

Um terço dos outros: quem está competindo pela mesma vaga que você. Não há como ter controle sobre seus concorrentes; de que empresas eles vêm, que experiências tiveram e se são melhores ou piores que as suas, se têm uma nota de GMAT superior ou inferior à sua.

Finalmente, o seu terço, ou seja: tudo o que está ao seu alcance para melhorar suas chances de entrar no MBA dos sonhos: notas do TOEFL e do GMAT, experiências extracurriculares, experiência de trabalho, engajamento com projetos que demandam exposição, liderança, e que exigem ações fora da sua zona de conforto, postura mediante situações desafiadoras da vida.

Também podemos incluir aqui sua habilidade de gerir o tempo corretamente para produzir essays de qualidade, de manejar os recomendadores para que submetam as cartas a tempo, sua atenção para preencher os formulários sem erros de digitação e de traduzir os documentos necessários da maneira apropriada. Entram aqui também os fatores de preparação para a aplicação para MBAs no exterior: seu interesse em conversar com ex-alunos, de pesquisar sobre as escolas para entender quais delas se encaixam melhor no seu perfil, de se informar sobre possibilidades de bolsa e sibre como funcionam os loans.

Como controlar o seu terço da aplicação para MBAs no exterior

Mostrou alguma fraqueza em uma disciplina específica da faculdade? Complete um curso de plataformas como Coursera, edX, ou da HBX ou extension school de uma universidade internacional bem ranqueada. Não tem experiência de voluntariado? Comece a dar aulas de inglês na Cidadão Pró-Mundo, engaje-se com a TETO, ou dê aulas de basquete (ou algo de que você goste e que você domine) em uma comunidade desprivilegiada.

Leia também: Autoconhecimento: por que é tão importante demonstrá-lo no seu application de MBA?

Em vez de ignorar seus pontos fracos na aplicação para MBAs no exterior, mostre que você tem consciência deles e aponte o caminho que está percorrendo para mitigá-los! Ninguém é perfeito, mas existe uma clara diferenciação entre aquele que se acomoda e aquele que busca evolução contínua. Quem você acha que as escolas preferem?

E então, como você vai fazer melhor uso do seu terço nos applications para aumentar as suas possibilidades de sucesso? Foque nos elementos de sua responsabilidade e persiga a excelência em tudo o que está sob seu controle!

Sobre a autora

Daiana Stolf é cientista por formação e escritora e coach por paixão. De mestre pela Universidade de Toronto (Canadá) a aluna de Gestão Estratégica na Universidade de Harvard (EUA), passando por cientista-doutoranda da EPFL (Suíça), em 2011 descobriu o prazer de guiar brasileiros curiosos e determinados a expandir seus horizontes através de cursos de pós-graduação nas melhores universidades do mundo. Ela é co-fundadora da TopMBA Coaching.

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo: