Um Projeto: Fundação Estudar
CV para application de MBA

Dicas práticas para estruturar seu CV para um application de MBA no exterior

Por Gustavo Sumares
03.05.2019

Por Daiana Stolf


Seu currículo é um componente de grande importância no seu application de MBA. É por meio dele que o comitê de admissões terá uma visão geral — e, ao mesmo tempo, assertiva — da sua trajetória profissional. Vamos listar a seguir as regras básicas a serem seguidas no seu CV para application de MBA para impressionar os admission officers. Confira!

1. Formato

As palavras mágicas aqui são: curto e objetivo! Sim, você deve condensar toda sua carreira em apenas 1 página! Difícil? Provavelmente. Impossível? Longe disso!

Organize as informações de maneira lógica e visualmente agradável. O leitor deve entender quando, onde e como sua participação em cada posição foi relevante, e ter uma ideia clara de resultados. Truques de formatação, como diminuir as margens e usar fontes (letras) mais enxutas, podem ajudar. Mas, atenção! Nunca use tamanho menor do que 10pt e evite um visual abarrotado.

2. Conteúdo

Divida o CV em diferentes seções como, por exemplo:

  • Contato;
  • Educação;
  • Profissional;
  • Pessoal (línguas, hobbies, interesses, intercâmbios curtos);
  • Comunidade (voluntariado, trabalhos pro-bono).

Em alguns casos, pode ser uma boa opção reunir os dois últimos itens (Pessoal e Comunidade) em uma seção única chamada Informação Adicional. Não é necessário (nem recomendado) incluir “Objetivos” ou “Resumo de Habilidades” no início do documento.

As datas devem ser precisas. Lembre-se que, depois de aprovado, as escolas costumam fazer um background check com seu CV para application de MBA para confirmar todas as informações que você forneceu. Na seção educacional, explique, além do curso obtido, todas as atividades extracurriculares e intercâmbios acadêmicos realizados durante o período.

Na seção profissional, sugerimos estruturar da seguinte maneira:

  • Citar nome e tamanho da empresa;
  • Citar nome de cada uma das suas posições. Separe todos os cargos, mesmo que tenha sido promovido várias vezes dentro de uma mesma empresa. É importante que o leitor entenda o que você gerou de impacto em cada uma das posições.
  • Suas responsabilidades (rotina) podem ser descritas brevemente em, no máximo, duas linhas; seus projetos devem ser organizados em bullet points (máximo de 5 por posição – escolha os mais relevantes!). Comece cada bullet point com um verbo de ação (ex: led, implemented, coordinated, etc).

3. Linguagem

O palavreado no seu CV para application de MBA deve ser claro, assertivo e focado em impacto. Além disso, quantifique tudo o que puder! É muito mais fácil ter noção real dos resultados quando eles aparecem em números versus suposições generalistas. Veja a diferença nos exemplos abaixo:

A) “Closed an agreement worth US$ 50 million to extend an education model that has previously demonstrated excellent results into six additional states, with the potential do reach a significant number of children from public schools by 2020. With the help of a team of four people from the IT, Legal and HR departments, revised a partnership with the XYZ Institution to guarantee quality during the implementation of the project, which also helped to reduce operating expenses.”

B)

  • “Closed a US$50mi initiative to replicate, within six additional states, a proven educational model expected to reach 2 million children from public schools by 2020.
  • Led 4 people across 3 departments to redesign a partnership with the XYZ Institution, ensuring quality during implementation and reducing costs in 15%.”

Note que, em A), há um excesso de palavras que não necessariamente acrescentam no entendimento das ações, e várias suposições de magnitude. Em B), temos uma linguagem muito mais assertiva e direta, e resultados tangíveis — mesmo que ainda não tenham acontecido (expected, no primeiro bullet point).

4. Consistência

Tenha certeza de que as informações fornecidas no CV para application de MBA estão consistentes com aquelas reportadas em outras partes do application, como nas redações, cartas de recomendação e formulário online. Não dê motivos para que o comitê de admissões desconfie da autenticidade dos dados, e nem se promova exageradamente.

Seja sempre honesto e transparente — afinal, suas capacidades ficarão aparentes numa entrevista! E revise todas as partes do application várias vezes, atento para que números e resultados estejam uniformes.

5. Extracurriculares / Informações Pessoais

Uma dúvida muito comum é: devo colocar informações pessoais como hobbies e viagens no CV? Sugerimos que sim! Os programas têm interesse em saber quem você é de maneira holística — afinal, um líder também deve ter valores pessoais fortes para ser inspirador.

Cite atividades extracurriculares, envolvimento com a comunidade, interesses diversos. Essas informações servem até mesmo para “quebrar o gelo” no início de uma entrevista.

Um CV para application de MBA bem escrito para os pode ser usado, ainda, na candidatura para estágios durante o summer, que acontece aproximadamente na metade dos programas de 2 anos. Portanto, vale a pena investir tempo e energia nesse que parece um passo simples, mas que é fundamental para seu sucesso não somente para entrar no MBA dos seus sonhos, mas também na sua carreira posteriormente.

Sobre a autora

Daiana Stolf é cientista por formação e escritora e coach por paixão. De mestre pela Universidade de Toronto (Canadá) a aluna de Gestão Estratégica na Universidade de Harvard (EUA), passando por cientista-doutoranda da EPFL (Suíça), em 2011 descobriu o prazer de guiar brasileiros curiosos e determinados a expandir seus horizontes através de cursos de pós-graduação nas melhores universidades do mundo. Ela é co-fundadora da TopMBA Coaching.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d