Afastada do mercado há dois anos, ela conseguiu bolsa de US$ 100.000 para MBA nos EUA. Saiba como:

bolsas de MBA para mulheres

É com muito prazer que iniciamos hoje uma série para destacar perfis de mulheres vitoriosas na maratona de candidaturas para MBAs em escolas de excelência no exterior!

Nosso objetivo é ilustrar os principais aspectos que as instituições consideram importantes ao avaliarem a trajetória de cada candidata. Vale salientar que são apenas exemplos e, apesar de reais, não cobrem a diversidade de indivíduos que alcançam sucesso no processo seletivo. Não há um perfil “padrão” ou uma receita de bolo a ser seguida para ser aprovada; ao analisar suas chances em um programa top deve-se considerar o seu perfil específico, salientando pontos fortes, compensando pontos fracos, contando sua história de maneira genuína e impactante e deixando suas ambições de carreira claras e bem fundamentadas.

Neste primeiro artigo, contaremos a história de uma candidata formada em Ciências Contábeis e Atuária com experiência na indústria de bens de consumo e de serviços financeiros, mãe de duas filhas, que passou os dois últimos anos expatriada na China e no Japão por motivos pessoais e, consequentemente, sem vínculo empregatício.

Isso, no entanto, não foi obstáculo para que ela persistisse do sonho de entrar em um MBA de primeira linha no exterior. Mesmo grávida e/ou amamentando, ela se envolveu em projetos paralelos, manteve contato com seus recomendadores, e continuou a desenvolver seu perfil de liderança de maneiras pouco ortodoxas. Eis que o esforço valeu a pena! Ela foi aceita em Chicago Booth com bolsa de USD 100.000! Esse caso demonstra, sem dúvida, que a transparência e a autenticidade são palavras-chave para um application vitorioso!

  • Programa almejado: MBA
  • Idade: 27 anos
  • GPA (média global da graduação): 6.5 de 10
  • GMAT: 720
  • TOEFL: 109
  • Outras línguas, além de Português e Inglês: Espanhol, Japonês, Chinês

Características pessoais: Aberta a sair de sua zona de conforto; comprometida, esforçada, correta; habilidades interpessoais sólidas; motivada a ser um exemplo para as filhas.

Ensino superior: Graduação em Ciências Contábeis e Atuária em Universidade Estadual de ponta no Brasil. Diretora da Atlética por 1 ano; capitã do time de natação da faculdade; participou do time de vôlei. Concomitantemente, terminou um curso técnico à distância e foi aprovada no exame técnico da área.

Trajetória profissional: Trabalhou desde o começo da faculdade e foi efetivada muito cedo. Iniciou carreira em empresa de grande porte do ramo dos esportes, onde se desenvolveu e cresceu rapidamente na área de Financial Planning and Analysis. Ainda como analista júnior, teve exposição ao C-level da empresa, e produziu resultados significativos e duradouros. Depois de um ano como analista, buscou colocação em outra empresa global, trabalhando com Forecast and Reporting e, posteriormente, Pricing. Em sua última posição, além de responsável por um marketing budget de USD 3 milhões, trabalhou em um projeto internacional que envolveu as principais áreas da empresa e a expôs ao C-level semanalmente, além da interação constante com times estrangeiros.

Experiência internacional:

  • Background familiar asiático;
  • Morou na China e no Japão – 1 ano em cada país.

Experiência comunitária:

  • Professora voluntária de educação financeira a adolescentes (15-19 anos);
  • Voluntária ativa em casas de idosos ou acompanhando crianças com necessidades especiais durante o período de expatriação (Japão e China).

Hobbies: Competidora amadora de natação; interesse em artes (pintura) e quebra-cabeças.

Objetivos no pós-MBA imediato: Estratégia de marketing em empresa Fortune 500 de bens de consumo com foco em tecnologia, sustentabilidade, e inclusão.

Objetivos a longo prazo: Subir a escada corporativa para se tornar uma brand leader, influenciando as decisões estratégicas da empresa com visão holística e servindo de exemplo a outras mulheres.

Justificativa para o MBA: Aprender sobre negócios de forma estruturada, além de se aprofundar nos fundamentos de marketing.

Recomendadores:

  • Supervisora direta com quem interagiu nos últimos dois anos na primeira empresa na qual trabalhou após formada;
  • Colega/supervisora do projeto internacional mais recente do qual participou.

Destacar pontos fortes e mitigar pontos fracos resultam em sucesso! Por que funcionou?

História pessoal interessante

O background familiar funcionou como influência positiva no desenvolvimento de caráter resiliente, esforçado, ético, empático. Desenvolveu metodologia para ajudar irmã disléxica a estudar e a se formar na faculdade. Tem interesses paralelos diversos, particularmente no esporte – natação: participou de várias competições, inclusive uma travessia noturna. Demonstrou abertura ao novo ao acompanhar o marido em expatriações para países distantes e de culturas bastante diferentes, pausando a carreira. Ao mesmo tempo, manifestou disposição para se dedicar ao papel de mãe sem perder o espírito altruísta e o foco no desenvolvimento contínuo do seu potencial de liderança (vide experiências comunitárias).

Aluna disciplinada e esforçada

O estudo intenso esteve presente durante toda a sua vida. Engajou-se em atividades de estudo paralelas à escola, e inclusive frequentou um cursinho militar por meio do qual aprendeu habilidades adicionais como disciplina e foco. Trabalhou desde o começo da faculdade, o que não impediu o envolvimento em várias atividades extracurriculares. Foi reconhecida como líder de turma e capitã esportiva – fatores que demonstram aptidão para liderança.

Carreira de sucesso

Demonstrou resultados excepcionais ao longo de toda a carreira; exposição prematura, com atitude confiante, ao C-level das empresas; exposição internacional.

Ambições futuras factíveis

Planos pós-MBA alinhados com histórico passado e interesses pessoais.

Ponto fraco mitigado

No momento do application a candidata não tinha vínculo empregatício por dois motivos: i) encontrava-se expatriada; e ii) havia se tornado mãe recentemente. Isso poderia gerar questionamentos sobre sua empregabilidade após o programa, além de dúvidas sobre que tipo de experiência traria para os colegas em sala de aula em termos profissionais.

Ao invés de tentar esconder a situação, ela falou sobre isso abertamente, inclusive apontando habilidades desenvolvidas ao exercer o novo papel de mãe ao mesmo tempo em que lidava com as dificuldades de se adaptar a culturas e ambientes diversos no Japão e na China. Aqui, a escolha dos recomendadores foi bastante relevante, pois asseguraram à escola a capacidade técnica, ética de trabalho, e potencial de liderança da candidata. A nota do GMAT e do TOEFL também demonstraram sua aptidão intelectual, e a sinceridade nos essays certamente tornou seu application autêntico (ou seja, diferenciou-a de outros candidatos).

Onde foi aceita?

Chicago Booth, com bolsa de USD 100.000.

Trecho de um de seus essays

“My passion for swimming led me to open water racing at the age of 15. To date, swimming in the ocean is one of the most fun, nerve-racking, and relaxing activities I do. It can be nerve-racking because no one controls the ocean: it can be wavy, it can change temperatures because of the tide and, as it happens frequently, it can blow you in every direction but the one you are supposed to go. But it is also relaxing because there is a path laid out for you, a clear target to reach, and just one goal: getting to the finish line. As I finished each race, I felt proud and amazed with the accomplishment. I have challenged myself with night sprints, long-distance races and even competed while pregnant with my first daughter.

“Like open water swimming, our lives may have a clear goal. In my early twenties, I was certain the path ahead of me would lead me to success: I thrived at my job, I was happy and confident—it felt like a wave launching me forward, towards the finish line. I was also eager to make an impact. At COMPANY A, I was elected to negotiate on behalf of employees on bonus criteria. At COMPANY B, I strived to create a female team to participate in one of São Paulo’s most popular street races after hearing about a movement in the company to create a 100% male team. It felt great to empower women.

“In 2017, I came upon life events that completely modified my “obvious” path. At 24 years old, while pregnant with my first daughter, my husband was offered a promotion in Tokyo, Japan. Although Brazil was the only home I knew, I saw this offer as an opportunity to broaden my cultural perspective and invest in my family. Under those circumstances I paused my career, something I never thought I would do. […]

“As a tide swiping me away though, a second unexpected turning point occurred: two years later and with two daughters, we moved to China. The completely different culture I had already adapted to changed drastically again. Needless to say, I developed my abilities to adapt to unexpected situations, to embrace new cultures and to improvise. […]

“I will now resume my original course, but because of my deviations, I have swum a longer distance than people who had an uneventful path. Nevertheless, my muscles are stronger. Being a mother of two young girls and living among completely different cultures have given me competitive advantage. Although I was not formally working, I also became a leader throughout motherhood. Managing a home raised my stamina, organization skills, commitment and responsibility; whenever I teach my toddler something new, I exercise patience, coaching and encouragement. I now feel more prepared than ever to take the next step.

“I can definitely say that my passion for open water races gave me resilience to overcome any difficulty along the path. As a finish line in a swimming race, my goal to become a successful business woman is clear, and the choices I made in life brought me towards this moment stronger.”

Última palavra

Seja original ao contar suas histórias, demonstre seus valores, filosofia de vida, ambições. Sua aptidão para se tornar uma líder de sucesso pode ser evidenciada de várias maneiras – quanto mais autênticas, maiores as chances do seu application se destacar em um mar de perfis similares. Em duas palavras: Be yourself!

Sobre a autora

Daiana Stolf é cientista por formação e escritora e coach por paixão. De mestre pela Universidade de Toronto (Canadá) a aluna de Gestão Estratégica na Universidade de Harvard (EUA), passando por cientista-doutoranda da EPFL (Suíça), em 2011 descobriu o prazer de guiar brasileiros curiosos e determinados a expandir seus horizontes através de cursos de pós-graduação nas melhores universidades do mundo. Ela é co-fundadora da TopMBA Coaching.

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo: