Um projeto: Fundação Estudar

Bolsas de Estudos

Quais são e como funcionam os programas de bolsas e financiamento

09.03.16

Melhor universidade da China oferece bolsas para brasileiros

universidades brics

Universidade de Tsinghua está com inscrições abertas para o Mestrado em Administração Pública, ministrado em inglês. Duas modalidades de bolsas estão disponíveis.

Visando atrair estudantes brasileiros para o programa de mestrado em Administração Pública e Desenvolvimento Internacional, a Universidade de Tsinghua, em Pequim, e o Governo Chinês estão com inscrições abertas para duas modalidades de bolsas de estudos.

A primeira, oferecida pelo Conselho de Bolsas do Governo Chinês (CSC), inclui isenção dos valores de mensalidade, alojamento gratuito no campus e auxílio financeiro mensal para manutenção no país. As inscrições podem ser feitas através do site da Universidade Tsinghua até o dia 14 de março, e os documentos solicitados enviados por email até o dia 30 de abril.

Já a segunda bolsa, promovida pelo Ministério do Comércio da China (MOOC), seleciona estudantes indicados através das embaixadas da China em outros países. Assim, os documentos devem ser entregues até o dia 30 de abril na Embaixada ou em Consulados da China no Brasil – localizados nas cidades de Brasília, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. Mais informações sobre o processo neste site.

As duas bolsas são, em última instância, oferecidas pelo governo chinês. Por este motivo, cada aluno aprovado poderá receber apenas uma delas.

Podem se candidatar estudantes que possuam graduação completa em áreas relacionadas e mínimo de 90 pontos no TOEFL ou 7 pontos no IELTS, uma vez que o programa é ministrado em inglês. Experiência profissional na área é desejável, mas não obrigatória.

Sobre o Programa

Oferecido pela Escola de Negócios e Políticas Públicas da Universidade de Tsinghua, o mestrado em Administração Pública e Desenvolvimento Internacional é ministrado em inglês e tem duração de dois anos. Oferecido desde 2007, o programa inclui, além da formação teórica, estágios na área, palestras com líderes globais e viagens de campo.

De acordo com Bruno Suzart, estudante brasileiro que está no último semestre do programa, estudar na Tsinghua abre portas tanto na China quanto para o mercado internacional: “A experiência é completamente nova, pois eles têm um background cultural muito diferente do que temos no ocidente. A universidade é muito prestigiada, temos aulas com alto escalão do governo e da academia chinesa, e todas as multinacionais vêm recrutar aqui”, finaliza.

 

A Universidade de Tsinghua é há 5 anos reconhecida como a melhor entre os países emergentes, e ocupa a 47ª posição no ranking de melhores universidades do mundo.

*Foto: Universidade de Tsinghua / Crédito: cabbagezs

 

Leia também:

China domina ranking de Universidades de países emergentes
Brasileiro conta como é estudar na melhor universidade da China
Vale a pena aprender mandarim? Brasileiro na China responde

Conecte-se ao Estudar Fora

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas