Inicio Xangai oferece 40 bolsas de estudo integrais na Donghua University

Xangai oferece 40 bolsas de estudo integrais na Donghua University

0
Xangai oferece 40 bolsas de estudo integrais na Donghua University

O Governo de Xangai, a maior cidade da China, em parceria com a Donghua University, está oferecendo 40 bolsas de estudo integrais para cursos de graduação, mestrado e doutorado. Os cursos oferecidos que são ministrados em inglês são para programas de graduação. Os subsídios incluem uma remuneração mensal para os bolsistas.

Para estudantes que não falam chinês, os programas oferecidos em inglês são para os programas de graduação nas áreas de negócios, com os cursos de Comércio Internacional, Administração de Negócios e Marketing, e de Design, com os cursos de Design de Moda e de Acessórios e Design Ambiental. Confira mais informações sobre os cursos neste link (disponível aqui).

 

 

Como funcionam as bolsas

As bolsas integrais cobrem todos os custos das mensalidades dos programas, incluem acomodação nos dormitórios da universidade e seguro saúde. Além disso, os estudantes recebem um auxílio financeiro mensal de CNY (Remimbi) 2.500 (cerca de R$ 2.140) para os estudantes de graduação e até CNY 3.500 (cerca de R$ 3.000) para alunos de pós.

Leia também: as melhores bolsas com inscrições abertas

Para se inscrever, os candidatos devem ter cidadania de fora da China, comprovar um “excelente” histórico acadêmico e de atividades extracurriculares, além dos diplomas anteriores. Para concorrer aos progras de graduação, é necessário ter menos de 25 anos, para os de mestrado, a idade passa para 35 anos, enquanto para o doutorado é necessário ter menos de 40 anos.

As etapas para a inscrição são:

  1. Registrar a candidatura na universidade escolhida no portal do governo de Xangai (disponível aqui). O tipo de bolsa integrai é o tipo A;
  2. Completar o registro e enviar a documentação exigida;
  3. Fazer o download do registro;
  4. No segundo momento, é necessário registrar a candidatura no portal de application da Donghua University (disponível aqui);
  5. Enviar o formulário de application.

Leia também: 6 recursos gratuitos para quem quer aprender mandarim

Os documentos exigidos no processo de inscrição, são:

  • Formulário de inscrição preenchido no portal do governo de Xangai;
  • Diploma de ensino médio para os candidatos de graduação (traduzido em inglês ou chinês);
  • Diploma de bacharelado para os candidatos de mestrado (traduzido em inglês ou chinês);
  • Diploma de mestrado para os candidatos de doutorado (traduzido em inglês ou chinês);
  • 2 cartas de recomendação (saiba como conseguir a sua neste link);
  • Cópia do passaporte (saiba como tirar passaporte em 6 passos);
  • Foto de rosto;
  • Comprovante de saúde;
  • Currículo acadêmico;
  • Certificado de proficiência em inglês ou chinês.

Alguns programas podem exigir outros documentos para a inscrição. Confira neste link (disponível aqui) mais informações sobre os documentos de inscrição.

Leia também: Por que a China atrai quase meio milhão de intercambistas anualmente?

A abertura das bolsas para a graduação foi anunciada no dia 15 de novembro, entretanto, ao testarmos as plataformas, alguns links dos sites oficiais aparecem com problema. A data limite para as inscrições é o dia 31 de março, assim, indicamos que os estudantes que desejam concorrer às bolsas organizem a documentação necessária com antecedência – alguns dos documentos obrigatórios, como número de passaporte e os comprovantes de proficiência, podem demorar um pouco para serem obtidos.

 

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo:

Leia