Um Projeto: Fundação Estudar
jovem desesperado

Os sete estágios da candidatura para bolsas de estudo

Por Redação do Estudar Fora

O processo de candidatura para bolsas de estudo fora não é necessariamente difícil. Mas todos os estudantes são unânimes ao afirmar que é um processo trabalhoso e, por vezes, bastante longo. O processo seletivo da bolsa Chevening, do Reino Unido, por exemplo, dura quase 8 meses.

Com isso, é normal que os candidatos passem por diversas fases diferentes – de empolgação à frustração e insegurança de não conseguir enviar todos os documentos a tempo. O portal QS Top Universities, associado ao Ranking QS, fez uma lista destas fases, resumindo os sentimentos pelos quais todos os candidatos, eventualmente, passarão durante o processo. Confira:

#1 Fazer uma ronda pela internet procurando bolsas de estudo relevantes

Dependendo da sua localização, nacionalidade, área de estudo e perfil, pode haver um número de bolsas de estudo para as quais você é elegível. Neste momento, é só uma questão de fazer uma ronda de diversas listas de bolsas de estudo e selecionar aquelas que podem combinar melhor com o seu perfil.

#2 Escrever seu Personal Statement de maneira delirante à luz de velas

A sua carta de motivação será o coração da sua candidatura e, como tal, ela deve ser excelente. Será preciso escrever e reescrever mil vezes, além de enviar para revisão de amigos, família e professores que poderão filtrar erros de digitação e gramática que poderiam lhe custar a bolsa de estudo dos sonhos.

Leia também: Como fazer um Personal Statement perfeito

#3 Afogar as mágoas

Haverá muitos momentos durante o seu processo de candidatura em que você se sentirá desanimado, inseguro e exausto. Isto é completamente normal. Entender como financiar seus estudos pode ser uma missão muito estressante e demandante – mas lembre-se sempre que não é impossível. Muitos estudantes conseguiram antes de você, então não há nenhuma razão pela qual você não conseguiria.

#4 Recompor-se e sair para correr ao som de Shia LaBeouf dizendo “just do it”

Nada melhor que uma corrida motivacional para limpar sua mente e criar um plano de ação. Uma dica: experimente ouvir o discurso motivacional do Shia LaBeouf “just do it!”.

#5 Implorar por Cartas de Recomendação

Faça isso com antecedência suficiente para dar às pessoas que escreverão suas cartas tempo suficiente para escrever uma excelente recomendação. Além disso, tente resistir ao impulso de pedir a qualquer um que escreva sua recomendação. Você precisa garantir as melhores cartas que pode imaginar – por isso, peça apenas aos professores/profissionais que tiveram um bom contato com você e que lhe conheçam bem.

#6 Torcer para que seus históricos sejam emitidos a tempo

Você precisa solicitar que sua escola ou universidade emitam o histórico escolar o quanto antes, para evitar que atrasos prejudiquem a entrega final.

#7 Olhar para fora da janela, vendo a chuva passar…

Enquanto você espera as respostas.

A antecipação e a longa espera pelas decisões podem ser mais estressantes que a candidatura em si. Mas, pelo menos, agora está tudo fora das suas mãos!

 

 

Este artigo é uma tradução. O original (em inglês) pode ser acessado no site do TopUniversities.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo