Um Projeto: Fundação Estudar
estágio na Holanda

Brasileira explica como conseguir um estágio na Holanda

Por Colunista do Estudar Fora
20.08.2018

O país permite que estudantes de graduação e mestrado tenham experiências profissionais, que os ajudem a aprender novas habilidades e colocar conhecimentos em prática. Saiba onde encontrar vagas de estágio na Holanda e como funcionam os processos seletivos!


Muitas pessoas não sabem, mas é possível fazer estágio na Holanda durante e depois dos estudos. Existem programas do governo local e das universidades holandesas que podem ajudar a conseguir uma experiência de trabalho por lá.

#1 Estágio na Holanda durante os estudos: permissão de 10 horas ou contrato de estágio

Para fazer estágio na Holanda, como parte de umho curso em uma instituição de ensino, não há necessidade de ter uma permissão de trabalho. Entretanto, como no Brasil, o estudante precisará de um contrato de estágio assinado pela instituição e pelo empregador.

Normalmente, a candidatura a um estágio na Holanda acontece da mesma forma que aqui no Brasil, com o envio do currículo e uma cover letter ao empregador. Depois, o candidato é chamado para uma entrevista ou algum outro tipo de processo seletivo.

E para achar tais oportunidades? Basicamente, existem duas formas principais de encontrar vagas de estágios: diretamente com a sua universidade ou em sites de anúncios.

– Estágio na Holanda através das universidades

A maioria das instituições de ensino superior da Holanda tem algum responsável para orientar os estudantes na busca por oportunidades profissionais. Eles mantêm contato com a indústria para abastecer um banco de dados de vagas. Para acessar as informações de cada oportunidade, é possível checar os quadros de aviso por toda a instituição ou em alguma página de seu site oficial. Aquelas feiras de estágio, que são bastante comuns no Brasil, também acontecem por lá. Por isso, é importante perguntar para a sua universidade quando acontecerá a próxima.

Segundo o contrato padrão oficial, o estágio de um estudante internacional deve ajudá-lo a ganhar experiência com a aplicação prática do conhecimento teórico já adquirido em sala de aula, a fim de conquistar novos conhecimentos e habilidades. Assim, o propósito de um estágio deve ser o aprendizado e não o trabalho em si.

– Estágio na Holanda por conta própria

Por outro lado, sites como Hoitalent, Stageplaza e Global Placement mantêm banco de dados de estágios disponíveis e são excelentes fontes de informação. Ou seja, você pode procurar estágios por lá e se candidatar a vagas.

– Remuneração do estágio na Holanda

Os empregadores holandeses não têm obrigação legal de oferecer um salário ao estagiário. Mesmo assim, várias vagas disponíveis são remuneradas e outras podem incluir algum tipo de compensação, como despesas de viagem. No caso das vagas remuneradas, o estagiário recebe entre € 180 a € 450 por mês.

#2 Ganhar experiência profissional na Holanda após os estudos: Orientation Year

A Holanda procura se certificar de que os estudantes internacionais mais talentosos e qualificados tenham a chance de permanecer no país após os estudos, para ganhar experiência profissional em sua área de formação.

O “Ano de Orientação” (Zoekjaar), também conhecido como Search Year, é um esquema implementado pelo governo holandês para permitir a estadia adicional do estudante internacional a fim de conseguir uma vaga profissional no país. Para poder participar, a universidade holandesa que recebê-lo deve ser acreditada pela NVAO.

O esquema autoriza a permanência do estrangeiro por mais três anos, após a conclusão de uma graduação ou mestrado de pesquisa acadêmica. O período serve para conseguir experiências de trabalho que ajudem a complementar os estudos.

Uma ótima dica é se inscrever nos sites de emprego do país, assim além de ver as vagas disponíveis, você pode ter uma ideia da demanda para a sua área de atuação. Algumas opções incluem:

– Nationale Vacaturebank;

– Monsterboard;

– Intermediair;

– Indeed;

– Undutchables,

– Monsterboard,

– Young Capital.

#3 Falar holandês é fundamental?

Para conseguir fazer um estágio na Holanda, saber inglês é o fundamental. Praticamente toda a população holandesa é fluente e existem muitas vagas para quem não fala holandês. Mas tenha em mente que saber inglês é o mínimo e não um diferencial. Se todos os holandeses falam as duas línguas, então, você já sabe que tem muita concorrência.

Boa sorte na procura!

Sobre a autora

Clara Bianchini é ex-aluna do Mestrado em Imagineering na NHTV University em Breda, na Holanda. É co-fundadora da consultoria de inovação para organizações chamada CO-VIVA. Professora de Inovação da Escola Superior de Engenharia ESEG e professora convidada da INSEEC Business School em Paris. Colunista do portal Consumidor Moderno.

 

Dica do Estudar Fora:

Autoconhecimento é fundamental para você embasar as suas decisões de vida e carreira. É através dele que você vai responder dúvidas que podem estar na sua cabeça, como: “Será que é o momento de estudar fora?”, “Qual curso faz mais sentido pra mim?”, “Qual país e universidade vai ser melhor para a minha trajetória?”. Foi pensando neste seu momento que a Fundação Estudar criou o Autoconhecimento Na Prática, um curso de três dias que vai ajudá-lo a desvendar o seu verdadeiro Eu e a guiar com mais segurança suas escolhas profissionais e de vida. Inscreva-se agora com 10% de desconto usando o cupom ESTUDARFORA. É só clicar aqui!

 

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d