Inicio Dançarina paulista aceita para Ivy League compartilha sua redação

Dançarina paulista aceita para Ivy League compartilha sua redação

Dançarina paulista aceita para Ivy League compartilha sua redação

O processo seletivo de universidades americanas, que leva em conta não apenas o desempenho escolar do estudante mas também seus interesses e conquistas extracurriculares, pode parecer desafiador para muitos brasileiros. Por um motivo simples: não estamos acostumados a sermos avaliados fora de sala de aula.

Existem, porém, diversas iniciativas dentro e fora das escolas que podem agregar muito como atividades extracurriculares. A paulista Julia Sachs, que estudava em Campinas, fundou uma ONG de ensino de português e matemática em escolas públicas e foi reconhecida por sua participação de destaque em mini-conferências da ONU em sua região. No ano passado, ela recebeu a boa notícia da aprovação para a Universidade da Pennsylvania -universidade membro da Ivy League e considerada uma das melhores dos Estados Unidos.

Mesmo com todas estas atividades extracurriculares, o que ela optou por relatar em seu essay – e que chamou a atenção da UPenn – foi seu envolvimento com dança. Desde os oito anos, Julia Sachs fazia aulas de dança e, durante o Ensino Médio, preparou um time de 50 colegas para participar de um Show de Talentos na sua escola, em Campinas.

A experiência lhe permitiu juntar sua paixão pela dança com aprendizados sobre liderança e trabalho em equipe. “Eu comecei a ver a dança não só como uma forma de me expressar, mas como um elemento conector”, ela comenta no essay.

Em setembro, Julia embarca para sua graduação na Wharton – escola de negócios da UPenn que está entre as melhores do mundo. Lá, ela pretende estudar modelos de negócios e possíveis soluções para o sistema educacional brasileiro. E, quem sabe, espalhar um pouco da sua paixão por dança na Universidade.

 

Baixe aqui o essay de Júlia (em português e inglês).

 

Leia também:
Leia a redação que ajudou jovem a ser aprovada em 9 universidades dos EUA
Último minuto: dicas finais para escrever seus essays de candidatura
Jovem mineiro é disputado por Harvard e outras 6 universidades americanas

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo:

Leia