Um projeto: Fundação Estudar

Graduação

O que você precisa saber para cursar uma graduação fora do Brasil

07.05.15

Dança, teatro e jornalismo: os novos cursos de Harvard

Dança, teatro e jornalismo: os novos cursos de Harvard

É oficial: a mais prestigiada universidade do mundo aprovou mais 3 cursos

A demanda é antiga. Há anos Harvard vinha perdendo talentos para outras gigantes do ensino por uma razão simples: a universidade não oferecia graduação em artes, teatro ou jornalismo. Mas isso acaba de mudar: a partir de dezembro deste ano, os três cursos passam, oficialmente, a estar na grade curricular da instituição. As informações são do Harvard Gazette, o jornal oficial da universidade.

A inclusão desses cursos reflete um desejo antigo dos alunos, que vinham solicitando isso junto à administração da universidade. “Incluir disciplinas como teatro, dança e jornalismo no rol de ofertas da instituição é reflexo do nosso compromisso de reforçar o estudo e a prática das artes em Harvard”, disse a reitora da universidade, Drew Faust, ao Harvard Gazette. Ela conseguiu US$ 5 milhões como financiamento inicial para o projeto.

Para muitos, a espera foi longa – quase 100 anos. Em 1905, o professor de inglês e pioneiro da universidade na promoção do teatro como campo de estudo, George Pierce Baker, ministrou a primeira aula de dramaturgia em Harvard. Depois de diversas tentativas de implementar o curso na instituição, e cansado da falta de apoio da universidade, Baker refugiou-se em Yale, onde fundou a famosíssima Yale School of Drama, em 1925.

Em 2008, a universidade estabeleceu uma força-tarefa que culminou na criação do Comitê da Universidade de Harvard para as Artes, o chamado HUCA.  No entanto, com a crise financeira daquele ano, o projeto teve que ser adiado. Em 2011, com a economia voltando a crescer, Martin Puchner, chefe do comitê permanente de artes cênicas, retomou os planos, reconectou-se com professores e alunos do Clube de Artes Dramáticas do Harvard Radcliffe Institute, além dos chefes de departamento de artes cênicas das Universidades de Yale e Columbia. “Já havia, no campus, muitos recursos para a criação de um curso de teatro. Foi apenas uma questão de reunir esses elementos e desenvolver um currículo sólido”, disse Puchner.

Embora a instituição diga que a criação do novo currículo ainda é um trabalho em andamento, e que aperfeiçoamentos podem vir a ser feitos, os alunos já estão muito animados. Eliza Mantz, caloura da universidade, conta que “sempre quis estudar teatro, e que Harvard parece ter conseguido o equilíbrio perfeito entre teoria e prática”, já que os cursos mesclam aulas de estúdio com história do teatro, por exemplo. E, para quem ainda não esta lá, este é só mais um motivo para considerar aplicar para a universidade!

As informações são do Harvard Gazett (leia aqui o texto original em inglês).

Leia também:
Especialistas de Harvard dão dicas para sua aprovação
Os brasileiros têm feito um ótimo trabalho, diz vice-reitor de Harvard
Rejeitada em Harvard na 1ª tentativa, jovem conta como conseguiu aprovação

Conecte-se ao Estudar Fora

http://promo.estudarfora.org.br/07de78d376d72cb1d7d3

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas