Um projeto: Fundação Estudar

Graduação

O que você precisa saber para cursar uma graduação fora do Brasil

23.02.15

Rejeitada em Harvard na 1ª tentativa, jovem conta como conseguiu aprovação

Rejeitada em Harvard na 1ª tentativa, jovem conta como conseguiu aprovação

"Os sonhos só se realizam quando a gente se recusa a desistir deles", diz a alagoana Larissa Maranhão, estudante de economia em Harvard. Conheça a história dela!

Por Lecticia Maggi

Em 29 de março de 2012, a alagoana Larissa Maranhão recebeu um e-mail que mudaria para sempre sua vida. Finalmente, chegara a resposta da Universidade Harvard, nos EUA, para onde havia aplicado no ano anterior. “Um sonho que estava sendo construido há oito anos foi massacrado em apenas dois segundos quando vi que não havia sido aceita”, diz. “Fiquei lendo e relendo o e-mail, passei dia e noite olhando para a parede. Foi como se minha vida tivesse perdido o sentido: ‘O que vou fazer agora?'”.

Não podemos deixar os desafios que temos, o lugar da onde viemos e os ‘nãos’ que recebemos contaminarem nosso futuro

Desde o ensino fundamental, Larissa sonhava em ingressar na melhor universidade do mundo, e não poupou esforços para isso. Tirava notas excelentes na escola e, no 3º ano do ensino médio, conta que acordava às 3h15 todos os dias para estudar para o TOEFL e o SAT antes de ir para as aulas. Isto, no entanto, não foi suficiente.

“Com a negação, só conseguia pensar onde foi que eu havia errado e se tivesse uma nova chance o que faria de diferente”, conta. Ela já estava matriculada em economia na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) quando decidiu largar o curso para se dedicar integralmente a um novo processo de application (candidatura) para Harvard – dar-se uma nova e última chance. O resultado saiu em 28 de março de 2013 e, desta vez, Larissa foi aprovada!

“Se eu tivesse me acomodado com aquele primeiro ‘não’ e ficado na UFRJ – lugar dos sonhos de muitos, mas não do meu sonho – não teria as oportunidades incríveis que tenho hoje”, afirma. “A lição que tiro é que não podemos deixar os desafios que temos, o lugar da onde viemos e os ‘nãos’ que recebemos contaminarem nosso futuro,  porque os sonhos só se realizam quando a gente se recusa a desistir deles”, diz.

Hoje, Larissa tem emolduradas na parede tanto a carta de rejeição como a de aceitação em Harvard porque acredita que as duas foram importantes. “Fracasso é oportunidade de aprender”, considera.

A seguir ela explica como surgiu a vontade de estudar Economia em Harvard, os percalços do processo de preparação e aplicação e a atual experiência como estudante:

O desejo de estudar em Harvard

O processo de preparação para ingressar em Harvard

O fracasso na 1ª tentativa de ingresso

O dia em que Larissa descobriu que havia sido aceita na universidade

As lições de ter sido rejeitada – e depois aprovada – em Harvard

A experiência de estudar na melhor universidade do mundo

Leia também:
Entenda o processo de seleção para universidades no exterior
Guia para quem sonha em estudar na Universidade Harvard

Conecte-se ao Estudar Fora

http://promo.estudarfora.org.br/07de78d376d72cb1d7d3

Leia Mais

estagiários da Microsoft comemorando
impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT