Um projeto: Fundação Estudar

Universidades

Perfis, curiosidades e oportunidades das melhores universidades do mundo

07.05.15

Hyper Island: uma inovadora escola sem aulas

Hyper Island: uma inovadora escola sem aulas

Conheça a escola que começou em uma prisão desativada na Suécia e hoje oferece treinamentos em diversos países. Foco são soluções para negócios!

Já imaginou uma escola sem aulas e sem provas? E que, muitas vezes, no lugar de professores tradicionais há líderes de indústrias inovadoras? Essa é a Hyper Island, que começou em uma prisão desativada de Karlskrona, na Suécia, em 1996, e hoje tem campi espalhados por diversos países.

No Brasil, a escola também oferece cursos rápidos: o próximo será realizado em junho e será sobre Digital Acceleration (saiba mais aqui).

A instituição foi criada com o objetivo de auxiliar empresas e indivíduos a permanecerem competitivos em um mundo cada vez mais digital. A filosofia da escola é a de que o aluno deve “aprender fazendo”. Por isso, não espere encontrar nenhum tipo de aula teórica por lá. Os cursos se parecem muito mais com treinamentos: os alunos são desafiados a apresentar soluções criativas, por meio de produtos e serviços, para clientes reais. Todos os projetos são realizados em grupo, já que liderança e capacidade de trabalhar em equipe são muito valorizadas pela escola.

Para quem vem de um passado acadêmico tradicional e estava acostumado com estrutura e disciplina rígidas, a Hyper Island foi uma boa surpresa

A Hyper Island oferece cursos de mestrado e de extensão, que duram de um a dois anos, e cursos executivos, de apenas três dias. Todos têm em comum o fato de estarem relacionados à área digital: há opções como Digital Strategy, Digital Media Management e Mobile CreativeVeja aqui a lista completa de programas.

“Para mim, a metodologia da escola é uma balanço entre três elementos principais: primeiro, o de técnicas e habilidades necessárias à indústria; segundo, o de experiência de trabalho com clientes reais; e terceiro, o estímulo ao desenvolvimento pessoal do aluno”, considera Rafael Pedroso, de 25 anos, que realizou o curso de Digital Media Creative na instituição. “Para quem vem de um passado acadêmico tradicional e estava acostumado com estrutura e disciplina rígidas, a Hyper Island foi uma boa surpresa”.

Hoje, dois anos após ter concluído o curso, Rafael ainda mora em Estocolmo. Lá, com um colega sueco que conheceu no curso, fundou a MbCF (mbcf.se) onde ajuda marcas locais e internacionais a terem uma presença mais relevante e inovadora na área digital. “Utilizamos metodologia e pensamento focados em inovação que a Hyper nos ajudou a desenvolver”, diz.

Saiba mais sobre a escola a seguir:

Processo seletivo – Para participar da seleções, é necessário enviar o currículo e documentos que comprovem que o aluno cumpre os requerimentos solicitados (que varia dependendo do curso e pode ser diploma universitário ou de ensino médio, etc) e histórico escolar.

Além disso, todos os candidatos devem submeter sua creative task, que consiste na criação de um produto, serviço ou experiência focada na resolução de algum tema. O tema da criative task de 2015 é Igualdade (Equality). É preciso também ser fluente em inglês e comprovar isso por meio de testes específicos. Para os mestrados, por exemplo, exigida nota mínima de 6.5 pontos no IELTS.

Os aprovados na primeira fase de seleção são convidados a participar do Digital Admissions Day, quando são entrevistados, via Skype, por profissionais da escola e devem realizar atividades individuais e em grupo, pelas quais serão analisados.

Conheça a seguir três  dos cursos oferecidos

1. Digital Business – curso de extensão (Estocolmo, na Suécia)

Focado em estratégias digitais, o curso envolve conteúdos como desenvolvimento e modelos de negócios e processos (business development e business models), empreendedorismo, liderança, desenvolvimento de conceitos e ideias com base em pesquisas, experiência do usuário, plataformas online e soluções focadas em tecnologia e sustentabilidade. Após o curso, os alunos estão aptos a trabalhar com e-commerce, business development, marketing, marketing digital, gerência de projetos ou mesmo empreender.

Duração: 65 semanas
Estágio: 20 semanas
Início: 3/08/2015

2. Motion Creative – curso de extensão (Karlskrona, na Suécia)

O curso permite aos alunos aprimorar suas habilidades em animação, motion design, edição e desenvolvimento (de ideia e elaboração de conceito à estratégias de branding), trabalhando com vídeos 2D e 3D e soluções para internet e mobile. Com o conhecimento e habilidades adquiridas no curso, o aluno poderá ter uma carreira em animação ou motion graphics.

Duração: 90 semanas
Estágio: 30 semanas
Início: 3/08/2015

3. Digital Media Managment – curso de mestrado (Singapura ou Inglaterra)

O mestrado abrange conceitos de tecnologia digital e business transformation. Durante o programa, os alunos desenvolvem pensamento estratégico e conceitos de criatividade e liderança, além de trabalho em equipe e gerência de projetos. Ao final, recebem  um diploma de Master in Arts.

Duração: de 24 a 25 semanas
Projeto: 18 a 20 semanas
As datas de início variam conforme o país escolhido. Veja aqui

Conheça aqui todos os cursos que a escola oferece

Quer sentir como é estudar na Hyper Island? Assista ao vídeo a seguir:

Para tirar dúvidas sobre a escola, você pode escrever para Renata Minicucci (renata.minicucci@hyperisland.com), representante no Brasil dos cursos longa duração da escola.

Leia também:
Especial: Guia de bolsas de estudos no exterior

Conecte-se ao Estudar Fora

Leia Mais

estagiários da Microsoft comemorando
impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT